quinta-feira , 29 outubro 2020

Secretário de Transporte e Mobilidade Urbana deu entrevista coletiva sobre acessibilidade e trânsito em São Fidélis

coletiva3
Fotos: André Moraes.

Na manhã dessa sexta-feira (22), o Secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de São Fidélis, Idelfonso Tito de Azevedo Junior, atendeu a imprensa em uma entrevista coletiva no estúdio da Secretaria de Comunicação, para tratar sobre a acessibilidade, tema colocado em foco em na série de matérias produzidas pelo SF Notícias. A coletiva contou com a presença dos principais portais jornalísticos da cidade, além da participação do Secretário de Comunicação Social, João Benedicto Damião Alonso.

No encontro, Idelfonso se mostrou ciente dos problemas, falou sobre a existência de projetos para tratar do assunto e ressaltou alguns pontos importantes, alegando que em um ano de existência, a secretaria, que ocupa o lugar do antigo urbanismo, tem se esforçado ao máximo para atender todas as necessidades da população. Porém, por escassez nos recursos e diminuição dos repasses de verbas estaduais e federais, devido à crise que vive o país, alguns fatores estão recebendo prioridade. Foi dessa forma que aconteceu a montagem da parte administrativa da secretaria, que depois de estar totalmente pronta, ajudará no desenvolvimento das outras questões de acessibilidade e mobilidade urbana.

coletiva1O secretário alegou que é preciso agir com lucidez, dentro das possibilidades do município, para então atingir ao menos a proximidade do ideal. Entre os pontos citados por Idelfonso para a lista de necessidades e planos, estão: revitalização das rampas, com novas pinturas; admissão de novos guardas municipais por concurso público, para se ter um controle do modo de estacionar dos motoristas, evitando que estes parem seus veículos em frente às rampas ou sobre as calçadas; e reeducação da conduta dos fidelenses. Nessa questão, ele procurou mostrar a importância de um trabalho conjunto entre as secretarias do governo municipal, contando ainda com a participação dos meios de comunicação, tratados como essenciais para a realização do projeto.

Durante a entrevista, o tema “trânsito” também foi colocado em vigor, no que diz respeito ao grande número de acidentes recentes, causados por problemas de sinalização, falta de estrutura e irresponsabilidade de alguns condutores. Idelfonso relembrou o aumento no fluxo de carros e motos nos últimos 12 anos na cidade, fator apontado como um dificultador para a resolução das situações incômodas. A crise financeira voltou a ser lembrada, e bateu de frente com a aceitação da falta de estrutura para resultados mais rápidos. Temas como possibilidades de instalação de semáforo, construção de quebra-molas, construção de ciclovia e outros ainda foram destacados na conversa, que teve quase uma hora de duração.

Confira na íntegra o áudio da entrevista coletiva:

Mais do SFn