Criança transferida em estado grave em helicóptero da Marinha vence a Covid e recebe alta após 4 meses

Morador de São José de Ubá, o menino foi levado em uma ambulância do Corpo de Bombeiros até Campos, de onde foi transferido para o Rio em um helicóptero

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A Covid-19 não escolhe cor, classe social, e muito menos idade. A prova disso é o Matheus Moreira, de apenas 08 anos. Morador de São José de Ubá, no Noroeste Fluminense, ele teve 90% dos pulmões comprometidos pela doença e ficou quatro meses internado, mas sua história teve um final feliz. Em dezembro de 2020, o menino começou a ser tratado na UPA de Itaperuna, mas com a piora do quadro, ele precisou ser transferido para uma unidade de maior porte.

A ação que contribuiu para ajudar a salvar a vida do menino foi noticiada pelo SF Notícias no ano passado (reveja AQUI) Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), a megaoperação sob forte chuva ocorreu na noite de um domingo (06/12) em conjunto com a Marinha do Brasil (Base Aeronaval de São Pedro D’Aldeia) e Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro. Diagnosticado com coronavírus no dia 1º de dezembro, o menino teve piora no quadro clínico, e o mau tempo e o difícil acesso à região onde mora, dificultaram o resgate para transferência para uma unidade de saúde especializada no tratamento, ainda segundo a SES.

continua após o vídeo

https://www.instagram.com/p/CNTYfEFjM2H/

No dia 6 de dezembro, uma ambulância de UTI Móvel do 21º Grupamento de Bombeiro Militar de Itaperuna levou o paciente até o aeroporto de Campos dos Goytacazes. De lá, uma aeronave Super Cougar da Marinha do Brasil realizou o transporte aéreo até ao Terceiro Comar no Aeroporto Santos Dumont, onde o secretário de estado de Saúde, que orientou toda a operação de resgate, aguardava a chegada do menino. A criança foi encaminhada ao Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel, Zona Norte da cidade do Rio, referência em UTI Pediátrica para pacientes infantis com Covid-19. Matheus recebeu alta nesta segunda (05/04) e para sair do hospital, escolheu vestir a camisa do Flamengo. Agora, só pensa em voltar a jogar futebol e andar de bicicleta. Segurando uma placa com o dizer “Eu venci o Covid”, ele foi aplaudido pela equipe médica e outros funcionários do hospital.

VEJA MAIS

VEJA MAIS