Vítima grave da Covid-19, menino de 8 anos, morador do Noroeste Fluminense, é transferido em helicóptero da Marinha

Ele estava internado em Itaperuna e foi levado até o aeroporto de Campos por uma ambulância do Corpo de Bombeiros. De lá, foi transferido para o Rio
Fotos: Divulgação

Uma ação integrada entre a Marinha do Brasil e o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio contribuiu para ajudar a salvar a vida de um menino de 8 anos, vítima grave do novo coronavírus. Segundo nota da Secretaria Municipal de Saúde de São José de Ubá, município no Noroeste Fluminense onde o menino reside, ele foi diagnosticado com Covid-19 e pneumonia, tendo sido direcionado para atendimento pediátrico na UPA de Itaperuna no dia 1º deste mês. “Desde então, passamos a contar com a competência e profissionalismo da equipe médica daquela unidade, no tratamento do paciente e nos ajudando a conseguir a vaga em Hospital de Referência no atendimento Pediátrico. Inicialmente não conseguimos a vaga, pois na maioria das unidades hospitalares as estruturas de atendimento Covid-19 foram direcionadas a pacientes adultos, pois historicamente pelos relatos médicos, crianças dificilmente complicaram o quadro clínico de Covid-19, a ponto de precisarem de internação em UTI especializada” – explica a pasta em nota divulgada.

continua após o vídeo

A Secretaria informou ainda que manteve contato com órgãos reguladores da Secretaria de Estado de Saúde em busca da vaga, e obteve ajuda do Secretário Estadual de Saúde, Carlos Alberto Chaves. A transferência ocorreu neste domingo (06) e a operação terrestre ficou a cargo do CBMERJ, que contou com duas ambulâncias avançadas com UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e equipe médica. O transporte aéreo foi realizado por uma aeronave da Marinha do Brasil, que opera por instrumentos. O menino foi levado na ambulância do CBMERJ até o aeroporto de Campos dos Goytacazes, onde o helicóptero da Marinha do Brasil aguardava. Ao chegar no aeroporto Santos Dumont, outra ambulância do Corpo de Bombeiros realizou o translado até a unidade hospitalar de Vila Isabel. “Choveu hoje no Estado do Rio e ficamos sem teto para levantar voo. Imediatamente solicitei apoio aéreo, em virtude da gravidade do caso – disse o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro, que foi prontamente atendido pelo comando do 1º Distrito Naval.

Em uma rede social, o Governador do Estado, Cláudio Castro, fez uma publicação sobre o caso. “Um menino de 8 anos, em estado grave diagnosticado com Covid-19, foi transferido neste domingo, de um hospital em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, para o Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel, Zona Norte da cidade do Rio. Nossa gratidão ao excelente trabalho de cooperação envolvendo o Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro e a Marinha do Brasil para realizar o translado com segurança, prejudicado devido ao mau tempo. Agradeço o apoio do nosso secretário de Saúde, Carlos Alberto Chaves e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros e de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro” – destacou o governador.

VEJA MAIS

VEJA MAIS