Casos da variante P2 do coronavírus são identificados em Santo Antônio de Pádua

Informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde nesta terça (27). Segundo a pasta, dois casos foram identificados

Imagem: Felipe Sião Filmes

A Secretaria Municipal de Saúde de Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, informou através de seu perfil em uma rede social, nesta terça-feira (27/04) que foram identificados dois casos da nova variante P2 do coronavírus no município. A pasta não divulgou mais detalhes sobre os casos. “Atenção, foram identificados 2 casos da nova variante P.2 do coronavírus em nosso município. Redobrem os cuidados: Uso correto de máscara; lavagem das mãos; distanciamento social” – diz a publicação. A variante P2 foi relatada pela primeira vez no Rio de Janeiro. A variante P2 é uma mutação genética da cepa B.1.1.2.8, que circula no Brasil desde março. A P2 é considerada preocupante porque, assim como a P1, a variação brasileira relatada inicialmente no Amazonas, é transmitida de forma mais rápida.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O número de casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia em Pádua já chega a 4.311, sendo que 3.984 moradores já se recuperaram e 106 pessoas morreram. No momento há 221 casos ativos da doença no município. Ainda segundo o boletim, há 25 pessoas internadas, sendo 17 em hospitais de Pádua e 08 internadas em hospitais de outras cidades.

Variantes já foram detectadas em outros municípios da região 
Também nesta terça-feira (27/04) o prefeito de Miracema, Clovinho Tostes, informou no programa “Fala Prefeito” que um caso da variante P2 foi identificado no município. “A gente precisa tomar muito cuidado com essas novas variantes, porque se isso se espalhar pelo município vai ser muito grave. Então a gente tem que aumentar as precauções” – disse o prefeito, confira AQUI.

Em Aperibé e Macaé foram identificadas, por análises realizadas por laboratório do Governo do Estado em parceria com a Fiocruz, a presença em pacientes desses municípios da linhagem brasileira mais contagiosa do coronavírus e que foi identificada inicialmente em Manaus. Em Aperibé, a Secretaria Municipal de Saúde informou que foram encontrados três casos da variante brasileira P1. A variante é mais contagiosa e mais transmissível, reveja a matéria AQUI.

Já em Cambuci a variante do novo coronavírus conhecida como B.1.1.7, descoberta no Reino Unido em setembro do ano passado, foi encontrada em amostras de dois pacientes. A identificação da variante nos pacientes de Cambuci foi feita através do sequenciamento do vírus (reveja AQUI).

VEJA MAIS

VEJA MAIS