Vídeo: Câmeras registram Jaguatirica, Cachorro-do-mato e Paca com filhote no Parque Estadual do Desengano

Outros animais também foram filmados pelas armadilhas fotográficas

Câmeras de armadilhas fotográficas instaladas no Parque Estadual do Desengano fizeram novos registros da nossa fauna. Ao longo de 15 a 45 dias as câmeras registraram Gambá, Cachorro-do-mato, mão-pelada, Paca, Jaguatirica e uma Paca com seu filhotinho. Para a segurança dos animais, não divulgaremos em qual município eles foram filmados.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O Parque Estadual do Desengano tem 22.400 hectares de extensão e outros 22.400 de Zona de Amortecimento ao seu redor, área que ajuda a proteger o PED. O Parque está localizado entre os municípios de Campos dos Goytacazes, São Fidélis e Santa Maria Madalena. Ele foi criado com o objetivo de preservar um expressivo número de espécies endêmicas e ameaçadas de extinção da flora local. A unidade de conservação é reconhecida internacionalmente como uma IBA (Important Bird and Biodiversity Area), ou seja, uma área prioritária para conservação da biodiversidade de aves, pela BirdLife International. No dia 13 de abril o Parque Estadual do Desengano, a mais antiga Unidade de Conservação estadual, completou 51 anos.

Em maio desse ano divulgamos aqui no SF Notícias outro registro especial. As câmeras registraram uma Onça-parda (reveja AQUI). A presença de um animal que é topo da cadeia alimentar, como a onça parda flagrada no interior do Parque Estadual do Desengano, mostra que o ambiente da unidade de conservação encontra-se saudável”, destacou o gestor do Parque, Carlos Dário. O objetivo das armadilhas fotográficas é realizar o acompanhamento da fauna local e monitorar as áreas do Parque.

VEJA MAIS

VEJA MAIS