Temporal provoca alagamentos, transbordamento de córrego e deslizamento em distrito de Bom Jardim

A RJ-146 chegou a ficar interditada nos dois sentidos, mas já foi liberada; veja o vídeo

Várias cidades da nossa região foram atingidas por uma forte chuva entre a tarde desta terça e madrugada desta quarta-feira (02). Em Bom Jardim, na Região Serrana do Rio, o local mais afetado foi a região do distrito de Barra Alegre, onde um córrego transbordou, segundo a Defesa Civil.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ruas chegaram a ficar alagadas durante o temporal e propriedades foram inundadas com a água do córrego. Na RJ-146, um grande deslizamento de terra chegou a interditar a rodovia no trecho entre Barra Alegre e Bom Jardim na noite desta terça, mas funcionários da prefeitura foram mobilizados para que a rodovia fosse liberada ainda na noite de ontem.

Nesta quarta equipes da Prefeitura de Bom Jardim e do DER retornaram ao local para terminar a limpeza da rodovia. De acordo com a Defesa Civil, não há registros de desabrigados ou desalojados em decorrência da forte chuva que assustou os moradores do distrito. Barra Alegre não possui estação pluviométrica, por isso não é possível saber a quantidade de chuva que caiu no distrito. A estação mais próxima é a estação meteorológica do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, Cemaden, localizada em São José do Ribeirão, que nas últimas 24 horas registrou um acumulado de 81.62 milímetros de chuva.

Alerta de chuva forte para região
Ontem o Instituto Nacional de Meteorologia havia emitido dois alertas de risco de chuvas intensas para cidades da região. Um dos alertas era para chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, e ventos intensos (60-100 km/h), com risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas para Aperibé, Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro, Duas Barras, Itaocara, Macuco, Friburgo, São Fidélis, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes, entre outras cidades.

O outro era para chuva superior a 60 mm/h ou maior que 100 mm/dia, e ventos superiores a 100 km/h, com grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, de queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e grandes transtornos no transporte rodoviário. O alerta era válido para Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Campos, Cardoso Moreira, Italva, Itaperuna, Laje do Muriaé, Miracema, Natividade, Porciúncula, Pádua, São Francisco, São José de Ubá e Varre-Sai.

VEJA MAIS

VEJA MAIS