Temporal com rajadas de vento de 90 km/h destelha casas, derruba poste e árvores em Miracema

A chuva também provocou alagamentos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia emitido alertas para risco de tempestades, rajadas de vento e até queda de granizo em cidades da nossa região

Uma forte chuva acompanhada de fortes rajadas de vento e muitas descargas elétricas atingiu o município de Miracema na noite desta segunda-feira (27) e assustou os moradores (veja o vídeo no final). A força do vento destelhou várias residências e derrubou diversas árvores, algumas delas, sobre a rede elétrica. Outras duas árvores caíram em cima de duas residências.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A chuva também provocou alagamentos em alguns pontos da cidade. A estação pluviométrica do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, instalada no Centro de Miracema, registrou um acumulado de 52.6 milímetros de chuva nas últimas 24 horas, mas ao SF Notícias, o secretário de Defesa Civil do município, o subtenente Glauco Sá, informou que choveu 45 milímetros em apenas uma hora, e que as rajadas de vento atingiram cerca de 90 km/h.

continua após a imagem

Uma escadaria na Praça Mariza, no bairro Viradouro, próximo ao Cemitério, virou uma cachoeira. A força da água descendo pela escadaria assustou os moradores. Na Vila José de Carvalho a força do vento derrubou um poste.

Mais cedo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) havia emitido alertas para risco de tempestades, rajadas de vento e até queda de granizo em cidades da nossa região. Em localidades da região serrana de Macaé houve registro de queda de granizo (veja a matéria AQUI).

VEJA MAIS

Homem é preso transportando maconha em Itaocara

Ele foi abordado após policiais terem recebido denúncias de que um homem que havia saído da prisão recentemente e que estaria no regime semiaberto, estaria realizando tráfico de drogas

VEJA MAIS

Homem é preso transportando maconha em Itaocara

Ele foi abordado após policiais terem recebido denúncias de que um homem que havia saído da prisão recentemente e que estaria no regime semiaberto, estaria realizando tráfico de drogas