Protetores fazem rifa para custear tratamento de cão maltratado, jogado em rio e que usa ‘cadeira de rodas’, em São Fidélis

Devido aos maus tratos que sofreu, o animal perdeu os movimentos das patas traseiras. Ele foi resgatado há uma semana, com muitas formigas e feridas nas patas
Fotos: Divulgação

Protetores de São Fidélis, no Norte Fluminense, estão fazendo uma rifa para custear o tratamento de um cão que foi maltratado e jogado no Rio Paraíba do Sul. Devido aos maus tratos que sofreu, o animal, batizado de ‘César Cielo’, nome do nadador brasileiro campeão olímpico e mundial, perdeu os movimentos das patas traseiras. O nome foi escolhido por ele ser um lutador, ter nadado com todas as forças somente com as patas dianteiras e ter conseguido chegar às margens do rio. Ele foi encontrado há uma semana, com muitas formigas e feridas nas patas.

O ‘César Cielo’ foi resgatado e está recebendo os cuidados em uma clínica veterinária da cidade. Os protetores conseguiram uma ‘cadeira de rodas’ para ajuda-lo nos movimentos. Agora, para dar continuidade eles pedem a contribuição na compra da rifa de uma fritadeira elétrica sem óleo, no valor de R$ 5,00. O valor será usado para realização de um Raio-x e manutenção do tratamento. Os bilhetes podem ser adquiridos na própria clínica, na esquina da Rua Guaraciaba com Rua Cinco de Março, nº 215, no Centro.

VEJA MAIS

VEJA MAIS