Prefeitura de Cordeiro implanta 10 leitos de UTI para atendimento de pacientes com Covid-19

Município tem um histórico de 57 casos confirmados e não há, até o momento, moradores diagnosticados com a doença internados
Fotos: Prefeitura de Cordeiro

A Prefeitura de Cordeiro, na Região Serrana do Rio, anunciou nesta quinta-feira (18/06) a implantação de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com dez leitos que estão sendo instalados no segundo piso do Hospital de Cordeiro, antiga Policlínica, para tratar pacientes com coronavírus, já que dados mostram que 20% dos pacientes com a doença podem precisar de terapia intensiva. “A criação dos dez leitos de UTI significa assistência médica multiprofissional ininterrupta, equipamentos específicos de última geração, recursos humanos especializados, acesso a outras tecnologias diagnosticas e terapêuticas, incluindo exames de imagem e laboratoriais de análises clínicas, medicações e insumos capazes de garantir a assistência integral aos pacientes” – destacou a administração municipal. Até o momento o município tem 57 casos positivos de coronavírus, sendo que três pacientes morreram e 39 estão recuperados. Não há pacientes diagnosticados com a doença internados e 15 pessoas estão em isolamento domiciliar. (continua após a publicidade)

Ainda segundo a Prefeitura, a viabilização da UTI é indispensável, considerando ainda a permanência de um paciente numa unidade de terapia num hospital público, que dura em média 14 dias. A ativação da UTI minimiza a preocupação das autoridades quanto à geração de um colapso no sistema de saúde, pois ao serem colocados em funcionamento, os equipamentos evidenciam que o município está preparado para possíveis aumentos na demanda. A Prefeitura ressaltou que, com o recomendado pela Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde, de que a relação ideal de leitos de UTI seja de um a três para cada 10 mil habitantes, Cordeiro ficará acima da média com os dez leitos. A Região Serrana tem 16 municípios, mais de 900 mil habitantes e 2.471 leitos gerais, sendo 84 de UTI adulto. A situação se agravou na pandemia com aumento da demanda, obrigando a contratação de leitos de UTI para atender às cidades que não possuem tratamento intensivo. A criação da UTI de Cordeiro também acena como uma solução viável às cidades no entorno. “Com a criação dessa UTI, aumentamos nossa capacidade de atendimento aos possíveis pacientes vítimas do vírus e deixamos um legado sem precedentes para o povo cordeirense, até mesmo por se tratar de um investimento para a área de saúde, que é sem sombra de dúvidas a mais importante por tratar das vidas humanas”, afirmou o prefeito Luciano Batatinha.

VEJA MAIS

VEJA MAIS