PM fecha o cerco contra o tráfico de drogas no Parque Tinola, em São Fidélis

Em dois dias, PMs apreenderam 17 papelotes de cocaína, 33 buchas de maconha e 47 tabletes da mesma droga, além de seis pés de maconha
Fotos: PM

Policiais militares apreenderam mais de 80 unidades contendo drogas nesta última semana no Parque Tinola, em São Fidélis. Em ocorrências diferentes, os militares apreenderam 17 papelotes de cocaína, 33 buchas de maconha e 47 tabletes da mesma droga, além de seis pés de maconha sendo cultivados em uma residência. As apreensões foram feitas por policiais do Patamo IV da 4ª Companhia do 8º BPM, após denúncias de tráfico de drogas. Durante as ações, duas pessoas foram presas e uma detida. No dia 15, por exemplo, dois homens foram presos após serem flagrados mexendo em um terreno baldio. Nesse terreno os policiais encontraram 17 papelotes de cocaína e quatro buchas de maconha. Já na casa de um deles foram encontradas várias sacolas de sacolés vazias e pinos vazios usados para endolação de drogas. Os PMs também apreenderam dinheiro. De acordo com a polícia, os acusados seriam responsáveis pelas pichações de siglas de uma facção criminosa que foram feitas em postes e em muros no bairro Parque Tinola.

Já no dia 16 duas apreensões foram feitas no bairro, ambas na mesma rua. Em uma casa os PMs encontraram seis pés de maconha sendo cultivados. O proprietário alegou aos militares que era para uso próprio. Na segunda ocorrência um homem foi preso após os policiais terem encontrado uma sacola com 70 unidades de diversos tamanhos de maconha picada e prensada, sendo 34 tabletes menores e 13 tabletes maiores, além de 29 buchas. A sacola estava dentro de um guarda-roupa. Já dentro de um tênis, os militares encontraram mais seis buchas da mesma droga, três celulares e R$ 211,00 em espécie. Ao ser questionado, o proprietário da casa disse que o material pertencia a um segundo homem, e que a cada 15 unidades vendidas, cinco eram dele e o restante do dinheiro era repassado para o outro homem, que não foi encontrado pelos policiais durante a ocorrência, mas foi autuado e responderá posteriormente.

VEJA MAIS

VEJA MAIS