Pedágio mais caro: Para ir ao Rio e voltar, pela RJ-116, moradores do interior terão que desembolsar R$ 56,00

Isso sem contar o pedágio da BR-101 em São Gonçalo e o pedágio da ponte Rio-Niterói. Já moradores de Cordeiro e Macuco vão pagar R$ 28,00 pra ir e voltar de Friburgo

Tudo está ficando cada vez mais caro! Está valendo, a partir de hoje, o novo reajuste da tarifa básica do pedágio da RJ-116, que passou de R$ 6,30 para os incríveis R$ 7,00. O anúncio foi feito na sexta pela Concessionária Rota 116 S/A, que administra cerca de 140 quilômetros entre Itaboraí e Macuco. Nesse percurso são quatro praças de pedágio, ou seja, moradores do interior que forem ao Rio e voltarem pela RJ-116 terão que desembolsar R$ 56,00, isso sem contar o pedágio da BR-101 em São Gonçalo e o pedágio da ponte Rio-Niterói.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Já moradores de Cordeiro, Macuco, Santa Maria Madalena e São Sebastião do Alto, que trabalham em Nova Friburgo, cidade polo desses municípios, terão que gastar R$ 28,00 por dia para ir e voltar do trabalho, isso em um trecho de apenas 32 quilômetros, já que existem duas praças de pedágio entre Cordeiro e Friburgo. A tarifa de R$ 7,00 é para carros de passeio. Para caminhões e ônibus de até dois eixos a tarifa passa de R$ 12,60 para R$ 14,00. Veículos de três a seis eixos o valor passa de R$ 25,20 para R$ 28,00 e acima de seis eixos será cobrada a tarifa básica multiplicada pelo número de eixos do veículo.

O aumento, é claro, não agradou os moradores da região, que questionam o valor cobrado e a situação da rodovia, que apresenta buracos em vários trechos. Nas redes sociais há uma enxurrada de publicações de moradores reclamando do aumento. “E lamentável; é uma vergonha! Esse aumento vai prejudicar muita gente!”, diz um dos comentários.

VEJA MAIS

VEJA MAIS