Mulher é presa em flagrante por exploração de casa de prostituição e rufianismo

A prisão foi efetuada por policiais da Delegacia de Macaé. Segundo a Polícia Civil, algumas mulheres tiveram seus pertences e documentos retidos, para evitar que deixassem o local

Policiais civis da 123ª Delegacia Legal de Macaé, no Norte Fluminense, prenderam em flagrante, nesta quinta-feira (19/08), uma mulher que mantinha uma casa de prostituição, onde seis mulheres eram exploradas, garantindo lucro com a atividade. Ela foi autuada por exploração de casa de prostituição e rufianismo. Segundo a Polícia Civil, a presa coagia as mulheres, impondo cobranças pela estadia e alimentação, e também cobrava multas por descumprimento das suas determinações.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Algumas das mulheres tiveram seus pertences e documentos retidos, para evitar que deixassem o local. Além dela, um funcionário do estabelecimento também foi conduzido à delegacia, pois estava em posse de entorpecentes. As investigações prosseguem para apurar outros crimes possivelmente cometidos no local.

VEJA MAIS

VEJA MAIS