Mapa de Risco da Covid-19: Pela primeira vez, Região Serrana do Rio entra em bandeira verde

A 58ª edição do Mapa de Risco da Covid-19 indica uma queda de 33% no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e de 46% nos óbitos provocados pela doença

Pela primeira vez na série histórica, o estado do Rio de Janeiro ficou com a bandeira de cor verde no Mapa de Risco desta semana, que indica risco muito baixo de transmissão da Covid-19. A 58ª edição divulgada hoje (26/11) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) indica uma queda de 33% no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e de 46% nos óbitos provocados pela doença. A análise compara as semanas epidemiológicas 45 (de 07 de novembro a 13 de novembro) e 43 (de 24 de outubro a 30 de outubro).

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A Região Serrana do Rio, que em abril deste ano chegou a Bandeira Roxa – de risco muito alto para Covid – pela primeira vez na série história entrou em bandeira verde, com risco muito baixo. Também estão em bandeira verde as regiões Metropolitana I e Metropolitana II. As demais regiões – incluindo o Norte e Noroeste Fluminense – estão em bandeira amarela, com baixo risco para Covid-19.

“A Região Metropolitana I, que abrange a capital e a Baixada Fluminense, Metropolitana ll e Serrana apresentam indicadores epidemiológicos e assistenciais muito baixos e contribuíram para que a classificação final do estado fosse verde. Voltamos ao melhor patamar desde o início da divulgação do mapa, mas, apesar da evolução, é preciso que a população retorne aos postos para receber a segunda dose, a dose de reforço ou adicional” – analisa o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

VEJA MAIS

VEJA MAIS