Mais de 27 mil raios foram registrados nesta terça em Pádua, Cordeiro, Cantagalo, Itaocara, S.Fidélis e região

Levantamento foi feito pelo Elat, a pedido do SF Notícias. Os municípios com maior registro foram Campos, onde um jovem morreu atingido por um raio, Cardoso Moreira, Pádua, São Fidélis e Itaperuna

Mais de 27.500 raios foram registrados ao longo desta terça-feira em cidades das regiões Norte, Noroeste e Serrana do Rio. Para ser mais exato, foram 27.555 raios. O levantamento foi feito pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE, a pedido do SF Notícias, e engloba raios nuvem-solo (que tocaram o solo) e raios intra-nuvem (que ficaram nas nuvens). Ontem o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) havia alertado para a possibilidade de chuva forte acompanhada de rajadas de vento, raios e até possibilidade de granizo na região. A chuva mais forte foi registrada em Macuco, provocando enxurradas, inundações, quedas de barreiras e de árvores, e outros transtornos (reveja AQUI).

Raios ⛈🌩
Campos foi o município com maior registro de raios nesta terça. Por lá foram registrados mais de 10 mil raios em todo o município, sedo 3.877 Nuvem-solo, que atingiram o solo, e 6.919 raios Intra-nuvem, raios que ficaram entre as nuvens. Um jovem de 21 anos morreu ao ser atingido por um raio na zona rural de Campos, e outro jovem foi socorrido em estado grave. Ambos estavam capinando um terreno quando começou a chuva forte (reveja AQUI).

Cidades com mais de mil raios registrados ⛈🌩
Em Cardoso Moreia foram registrados 2.914 raios, sendo 723 Nuvem-solo e 2.191 Intra-nuvem. Em Santo Antônio de Pádua foram registrados 2.051 raios, sendo 482 raios Nuvem-solo e 1.569 raios Intra-Nuvem. Em São Fidélis foram registrados 1.520 raios, sendo 317 Nuvem-solo e 1.193 Intra-Nuvem. O número de raios registrados em São Fidélis foi o mesmo registrado pelo Elat em Nova Friburgo: intra-Nuvem 1.193; Nuvem-solo 317. Já em Itaperuna foram registrados 1.289 raios, sendo 249 Nuvem-solo e 1.040 Intra-nuvem. Veja a lista completa abaixo.

Nova Friburgo ➡ 317 NS / 1193 IN
Campos ➡ 3877 NS / 6919 IN
Bom Jardim ➡ 74 NS / 333 IN
Cordeiro ➡ 22 NS / 43 IN
Cantagalo 338 ➡ NS / 811 IN
Santa Maria Madalena ➡ 225 NS / 766 IN
São Sebastião do Alto ➡ 192 NS / 330 IN
Macuco ➡ 94 NS / 324 IN
Aperibé ➡ 69 NS / 132 IN
Itaocara ➡ 109 NS / 203 IN
Italva ➡ 339 NS / 768 IN
Cambuci ➡ 193 NS / 614 IN
Cardoso Moreira ➡ 723 NS / 2191 IN
Santo Antônio de Pádua ➡ 482 NS /1569 IN
Miracema ➡ 33 NS / 147 IN
Itaperuna ➡ 249 NS / 1040 IN
São Fidélis ➡ 317 NS / 1193 IN
Duas Barras ➡ 75 NS / 102 IN
Trajano de Moraes ➡ 439NS / 710 IN

Mais chuva e raios nesta quarta 🌧 🌩
A quarta-feira (23/12) também é de alerta para risco de chuva forte em municípios da região.  O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) emitiu dois alertas para a região. Um deles – um alerta vermelho – é para chuvas de moderada a forte intensidade e que serão persistentes entre esta quarta e quinta. Há condição para acumulados elevados que em alguns pontos poderão ser superiores a 100 mm. Esse aviso abrange São Fidélis, Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Italva, Itaocara, Itaperuna, Miracema, Santo Antônio de Pádua, São Francisco de Itabapoana, São João da Barra, São José de Ubá e Varre-Sai.

O outro aviso emitido pelo órgão é para o risco de pancadas de chuva de moderada a forte intensidade, acompanhadas de raios entre esta quarta e quinta. “Localmente a chuva poderá ser intensa em curto período de tempo e vir também acompanhada de rajadas de vento de forte intensidade e/ou queda de granizo” – alerta o CPTEC. Além das cidades citadas o aviso também abrange Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Conceição de Macabu, Cordeiro, Duas Barras, Macaé, Macuco, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes, entre outras cidades. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também emitiu um alerta para chuvas intensas que abrange todo o estado. O órgão alerta para chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, e ventos intensos (60-100 km/h). Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS