Johnny Maycon, novo prefeito de Nova Friburgo, promete honestidade, união e amor pelo município

O prefeito também foi firme ao falar sobre combate à corrupção. "Eu prefiro morrer por amar a essa cidade do que me corromper"

Assim como na maioria das cidades da nossa região, também aconteceu nesta sexta-feira (01/01/2021) a posse do novo prefeito, Johnny Maycon, e do vice, Serginho Doce Mania, de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, além dos 21 vereadores eleitos pela população em 2020 (lista dos vereadores AQUI). A solenidade contou com a presença do comandante do Sanatório Naval, capitão de fragata médico Marcelo Cerentini Garcia; do comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar de Nova Friburgo, tenente-coronel Alex Marchito Soliva, e do Padre Aurecir Martins de Melo Júnior, representando o bispo diocesano Dom Luiz Antonio Lopes Ricci.

“Eu quero deixar um legado muito bom para todas as crianças, seus filhos e netos. Gastando o dinheiro certo no lugar certo, colocando pessoas certas nos lugares certos, e na quantidade certa. Acabou esse negócio do ‘toma lá, dá cá’. A esperança em cima dos nossos ombros está muito grande, mas eu tenho certeza que vamos orgulhar vocês. (…) Que essa esperança se torne muito trabalho”, disse o vice-prefeito Serginho.

continua após a imagem

Emocionado, o prefeito eleito prometeu honestidade, união e amor por Nova Friburgo. “Temos a oportunidade de que o povo friburguense volte a confiar e a acreditar que a política é sim uma ferramenta de transformação e justiça social. Que através da política a gente pode diminuir a desigualdade, que através da política é possível diminuir o impacto que a população tem sofrido no seu cotidiano. Quem diria que um menino que morava no Lazareto, e que se não fosse pela ajuda do avô e da avó teria passado fome; que vendeu sacolés para ajudar no sustento da casa; que sempre estudou em escola pública e muitas das vezes, quando saía de manhã para estudar, visualizava um óbito, de tanto que nossa comunidade era desassistida; esse menino está aqui, agora como jovem, como homem casado e temente a Deus, com a tarefa e a responsabilidade de, de forma conjunta, unida a todos aqueles que amam nossa cidade, reconduzir Nova Friburgo”.

O prefeito eleito também foi firme ao falar sobre combate à corrupção. “Ao longo de minha juventude eu observei o quanto a população tem padecido. Entre tantas práticas maliciosas que geram danos irreparáveis à sociedade, eu destaco três que nós sempre combatemos, e agora, mais do que nunca, vamos dedicar toda a nossa energia, nosso aprendizado e experiência para unir forças e as eliminar: a inércia, a irresponsabilidade e a corrupção. Ao assumir o mandato de vereador eu vi o quanto a corrupção é latente, e todo o sofrimento que ela causa. (…) Espero que nunca eu tenha que optar entre me corromper ou morrer por não negociar princípios. Mas se algum dia eu tiver que escolher, eu prefiro morrer por amar a essa cidade do que me corromper”, concluiu o prefeito.

VEJA MAIS

VEJA MAIS