Imagens mostram como ficou o parque aquático de Cambuci após temporal desta segunda

Só em Cambuci foram registrados 225 raios nuvem-solo, que atingiram o solo, e 1.071 raios intra-nuvem
Imagens: Defesa Civil

O cenário se repetiu. O temporal que atingiu Cambuci, no Noroeste Fluminense, na noite desta segunda-feira (16/11) aumentou o volume da queda d’água da cachoeira do parque aquático do município, que voltou a ficar inundado. A força da água arrastou árvores e diversos galhos para dentro do parque aquático. Ao SF Notícias, o secretário de Defesa Civil do município, Eduardo Werneck Paes, disse que foram registrados 71 milímetros de chuva em uma hora. Ainda de acordo com o secretário, o Valão Dantas, que corta o Centro de Cambuci, chegou a transbordar em dois pontos da cidade, sendo um no pontilhão do Nanito e outro na Rua Manoel Gomes. A água chegou a invadir algumas residências, mas não houve desabrigados ou desalojados. Ainda segundo o secretário, o temporal também provocou elevação no nível do valão da Cristalina, mas ele não chegou a transbordar. (continua após o vídeo)

O temporal também veio acompanhado de rajadas de vento e de alta atividade elétrica (raios). Foram registrados 8.745 raios na região durante as fortes chuvas que atingiram cidades das regiões Norte, Noroeste e Serrana do estado. Só em Cambuci foram registrados 225 raios nuvem-solo, que atingiram o solo, e 1.071 raios intra-nuvem, que ficam entre as nuvens. O levantamento foi feito pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica do INPE, a pedido do SF Notícias.

VEJA MAIS

VEJA MAIS