Imagem de Nossa Senhora Aparecida vai percorrer igrejas de Aperibé, Cambuci, Pádua, Miracema e São Fidélis

Imagem da padroeira do Brasil chegou neste domingo (23) em Campos e ficará na região até agosto de 2021
Imagem chegou em Campos neste domingo/ Foto: Diocese

A imagem de Nossa Senhora Aparecida irá percorrer as paróquias administradas pela Diocese de Campos ao longo dos próximos meses. A peregrinação pela região começa no próximo dia 1º de setembro, e só terminará em agosto de 2021. A imagem chegou a Campos na noite deste domingo (23/08) e foi recebida no Santuário de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, onde permanece durante esta semana. A visita é promovida pela Liga Católica Jesus Maria José que realiza todos os anos essa peregrinação mariana. “Abrindo o nosso coração, a nossa cidade, a Diocese de Campos, e seja bem vinda a Mãe de Deus e nossa. Recebemos Nossa Senhora Aparecida com muita alegria e gratidão e agradecemos os dons e as graças que ela nos dá e em nosso meio vai nos trazer muita paz”, disse o Pe. Jose Raimundo Vidigal, Diretor Espiritual da Liga Católica. (continua após a publicidade)

Segundo a Diocese de Campos, na pandemia, a visita da imagem da Virgem de Aparecida representa um sinal de esperança e de renovação da fé na Padroeira do Brasil. Na opinião do Pe. Maximiliano Barreto neste momento é a ela que todos devem confiar as suas vidas neste tempo de muito medo de um vírus que assusta e que exige um isolamento social. Nas cidades o avanço da Covid-19 já é motivo de preocupação e exige um cuidado por parte da igreja que preserva a vida.  A nova realidade assusta, mas aproxima a igreja das famílias, que em casa se reúnem para celebrar. E, segundo o padre, Nossa Senhora é este sinal de esperança. “Celebramos a nossa Mãe Aparecida e a ela confiamos nossa Diocese, as nossas cidades e nosso Brasil neste momento que vivemos. O medo se transforme em confiança filial e sabemos que a mãe nunca nos abandona mesmo diante desse perigo que assola a humanidade. E neste tempo é nela que devemos nos apegar para ser o grande sinal para a humanidade diante das discórdias, da violência e da morte que nos assusta. Maria é a expressão do amor materno de uma mulher que se reveste do Sol que é o Cristo”, pontua Pe. Maxiliano Barreto. A programação completa das visitas pela região você pode conferir AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS