Homem é preso acusado de matar a sogra asfixiada em São João do Paraíso, em Cambuci

Crime aconteceu na última quarta-feira. Vítima tinha 61 anos e acusado foi preso após uma rápida investigação da Polícia Civil da cidade

A Polícia Civil de Cambuci prendeu o homem que é acusado de ter assassinado a sogra no distrito de São João do Paraíso, em Cambuci, no Noroeste Fluminense. O SF Notícias mostrou ontem que a Polícia Civil estava investigando a morte ocorrida na última quarta. De acordo com as investigações, após ter matado a sogra, de 61 anos, asfixiada, o genro, de 50 anos, chamou vizinhos e familiares para vê-la, informando que havia encontrado a vítima caída no chão. A equipe médica da unidade de saúde do distrito chegou a ser acionada para que um médico pudesse atestar o óbito.

continua após a imagem

Como a vítima apresentava hematomas no pescoço similares a de enforcamento e por não conhecer o suposto quadro clínico da paciente, já que a informação inicial era de mal súbito, a médica que atendeu ao chamado não atestou o óbito, pois os sinais no corpo indicavam que poderia ter havido um homicídio e não uma morte natural, e indicou que o corpo deveria ser encaminhado para o IML para exames específicos.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Em uma ação rápida, a equipe de investigadores da 142ª Delegacia de Polícia de Cambuci começou a apurar os fatos e, após o laudo médico ter constatado que a vítima havia sido asfixiada, os policiais iniciaram as diligências para encontrar o principal suspeito. Ele foi interrogado e, durante uma intensa investigação, os agentes concluíram que o autor do crime era o próprio genro da vítima, que acabou confessando o crime. Nesta sexta-feira (22), após representação da delegacia, a Justiça decretou a prisão preventiva do homem, que foi preso e encaminhado ao sistema prisional do estado.

VEJA MAIS

VEJA MAIS