Homem é picado por lacraia em São Fidélis; médico orienta sobre como agir nesses casos

Dr. Antônio Rodrigo explicou que não existe um antídoto diante de um caso de picada de lacraia. Os sintomas são dor forte e inchaço no local da picada

Um homem foi picado por uma lacraia quando estava sentado em uma mureta em frente ao Ginásio Tancredão, em São Fidélis. Ao SF Notícias, Júnior Sóta relatou que sentiu uma dor forte e viu que havia sido picado. Ele matou o inseto e foi para o Hospital Armando Vidal. “Foi por volta das 18h30. Ali fica muita gente sentada. Tomei injeções e passaram remédio para tomar em casa. Tem que alertar mesmo pra ninguém ser mais picado por esse bicho”, disse Júnior Sóta.

Tem Instagram ❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Ao SF Notícias, o diretor clínico do Hospital Armando Vidal e diretor da Secretaria de Saúde, Dr. Antônio Rodrigo, explicou que não existe um antídoto diante de um caso de picada de lacraia e deu orientações sobre o que deve-se fazer em caso de picada: “Deve-se lavar o local com água e colocar compressa quente no local. Caso haja grande irritação (vermelhidão) local e/ou dor intensa, o paciente deve procurar atendimento médico para avaliar necessidade de medicamentos analgésicos e/ou anti-inflamatórios” – explicou.

De acordo com o Ministério da Saúde, “o veneno das lacraias é muito pouco tóxico para o homem. Embora existam muitas lendas a respeito desse animal, não há, no Brasil, relatos comprovados de morte nem de envenenamentos graves em acidentes com lacraias”. Os sintomas são dor forte e inchaço no local da picada. Em acidentes com lacraias grandes também podem ocorrer febre, calafrios, tremores e suores, além de uma pequena ferida.

VEJA MAIS

VEJA MAIS