Espécie rara e em extinção: mãe e filhotes de gato-mourisco são filmados em Santa Maria Madalena

No mês passado, um Jaguarundi, conhecido também pelo nome científico Puma yagouaroundi, foi encontrado morto na RJ-160 em Cantagalo
O animal está em extinção

A natureza ainda respira e precisa ser preservada! Nesta segunda-feira (10/08), um empresário de Santa Maria Madalena conseguiu fazer um registro raro. Giovani Buzzi conseguiu registrar imagens de mãe e seus dois filhotes de Jaguarundi, conhecido também como Gato-mourisco ou pelo nome científico Puma Yagouaroundi. O felino é uma espécie rara de ser encontrada e ameaçada de extinção. O registro foi feito por volta das 10h45 da manhã desta segunda na RJ-146, próximo da Cervejaria Buzzi.  Ao SF Notícias, o empresário contou que estava caminhando, juntamente com a esposa, quando eles perceberam os animais atravessando lentamente a rodovia. “Peguei o celular e comecei a registrar. Em seguida apareceram os filhotes”, disse Giovani Buzzi. Ele contou ainda que os animais desceram de um morro onde há uma plantação de eucalipto, e no topo desse morro, fica a Reserva Particular do Patrimônio Natural que ele possui em sua propriedade, a RPPN Fazenda Minas Gerais, onde a Mata Atlântica é preservada. (continua após ao vídeo)

A espécie é rara de ser encontrada, mas alguns registros já foram feitos na região. Devido à perda de habitat, os animais acabam se arriscando em busca de alimentos em perímetros urbanos e em estradas, aí acabam morrendo atropelados. Oficialmente, esse é o quinto registro de aparecimento do Gato-mourisco na região, e o primeiro em que aparecem mais de um animal da espécie, e todos vivos. Os demais animais encontrados na região estavam mortos, vítimas de atropelamentos em rodovias. O último registro havia sido feito no mês passado na RJ-160 em Cantagalo, quando um Puma foi encontrado morto às margens da RJ-160, próximo ao Trevo da Aldeia (reveja AQUI).

VEJA MAIS

VEJA MAIS