Covid-19: sargento da PM morre em Campos e coronel dos bombeiros, ex-comandante em Friburgo, morre no Rio

Ambos estavam internados. O coronel João Luiz Oliveira de Moraes também era Diácono na Diocese de Nova Friburgo
Coronel também era Diácono da Diocese de Friburgo Fotos: Reprodução

O novo coronavírus fez mais duas vítimas, deixando enlutadas famílias em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, e Nova Friburgo, Serra do Rio. Nesta sexta-feira (04/12) o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro comunicou o falecimento do coronel João Luiz Oliveira de Moraes. “A corporação se solidariza com família, amigos e colegas de farda do militar vitimado pelo novo coronavírus. O oficial, de 47 anos, estava na corporação desde 1991. Foi comandante do 6º GBM (Nova Friburgo), comandante do CBA X (Comando de Bombeiros de Área da Capital I) e atualmente estava lotado na Diretoria Geral de Pessoal (DGP)” – diz a nota divulgada pela corporação. A Diocese de Nova Friburgo, da qual o coronel era Diácono Permanente, também lamentou o falecimento. “Diácono João era Bombeiro Militar. Na última semana testou positivo para Covid-19, e, por este motivo, encontrava-se internado no Hospital Central Aristarcho Pessoa […] situado em Rio Comprido, no Rio de Janeiro. Após agravar-se o seu estado de saúde, foi prontamente atendido por três médicos, precisou ser entubado e veio a falecer em decorrência de um infarto fulminante” – diz a nota publicada pela Diocese. O coronel deixa esposa e um casal de filhos.

Já nesta quinta-feira (03/12) o 8º Batalhão de Polícia Militar comunicou o falecimento do 2° Sargento Valneide Duarte Silva Júnior, em decorrência da Covid-19. “O Sgt Duarte era um Policial muito querido por todos os Companheiros de farda. O mesmo desempenhou com desenvoltura suas funções, vindo a levar mais segurança por onde passou. Era um Policial extremamente competente, educado, de personalidade alegre, sempre de bem com a vida” – publicou o batalhão. O sargento ingressou na Polícia Militar em maio de 1998, e deixa esposa e três filhos.

VEJA MAIS

VEJA MAIS