Conta de luz ficará mais cara a partir desta terça; ANEEL define bandeira vermelha para dezembro

Em maio, devido à pandemia, a ANEEL havia decidido manter a bandeira verde até 31 de dezembro, mas a queda no nível de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas e a retomada do consumo de energia levaram à revisão da decisão
Fotos: SF Notícias

Em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (30/11) a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) decidiu reativar a sistemática de acionamento das Bandeiras Tarifárias. Para o mês de dezembro, que começou nesta terça, ficou estabelecida a bandeira vermelha Patamar 2, com custo de R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Em maio deste ano, devido à pandemia do novo coronavírus, a ANEEL havia decidido manter a bandeira verde acionada até 31 de dezembro deste ano, mas a queda no nível de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas e a retomada do consumo de energia levaram à revisão da decisão.

Segundo a ANEEL, o sistema de bandeiras tarifárias funciona como uma sinalização para que o consumidor de energia elétrica conheça, mês a mês, as condições e os custos de geração no país. Quando a produção nas usinas hidrelétricas (energia mais barata) está favorável, aciona-se a bandeira verde, sem acréscimos na tarifa. Em condições ruins, podem ser acionadas as bandeiras amarela, vermelha 1 ou vermelha 2. Entre as dicas da ANEEL para economizar energia estão: tomar banhos mais curtos, de até cinco minutos; selecionar a temperatura morna no verão; verificar as potências no chuveiro e calcular o consumo; não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado; diminuir ao máximo o tempo de utilização do aparelho de ar condicionado; colocar cortinas nas janelas que recebem sol direto.

Já quanto à geladeira, as dicas são só deixar a porta aberta o tempo que for necessário; regular a temperatura interna de acordo com o manual de instruções; nunca colocar alimentos quentes dentro da geladeira; deixar espaço para ventilação na parte de trás da geladeira e não utilizá-la para secar panos; não forrar as prateleiras; descongelar a geladeira e verificar as borrachas de vedação regularmente. Outra dica é utilizar iluminação natural ou lâmpadas econômicas e apagar a luz ao sair de um cômodo. Ao utilizar o ferro de passar, a orientação é juntar roupas para passar de uma só vez; separar as roupas por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura e nunca deixar o ferro ligado enquanto faz outra coisa. É recomendado ainda retirar os aparelhos da tomada quando possível ou durante longas ausências.

VEJA MAIS

VEJA MAIS