Comerciantes de São Fidélis protestam por mais um fechamento

Decreto de fechamento e com outras medidas de restrição é válido por 15 dias, até o dia 9 de abril

Entrou em vigor nesta sexta-feira (26) o decreto que determina o fechamento da maior parte dos estabelecimentos comerciais, e, por mais uma vez, os lojistas de São Fidélis foram obrigados a fechar as portas. O fechamento do comércio impacta diretamente na economia do município, que já não anda muito boa, e pode gerar outros problemas, como desemprego. Ao longo desta sexta-feira comerciantes estenderam faixas pretas com a frase “O comércio não é o vilão” em protesto pelo fechamento, já que a maior parte dos estabelecimentos seguiam as medidas de prevenção e até limitam a entrada de pessoas em suas lojas. Outros até incentivam os clientes a comprar por delivery.

Diversos estabelecimentos aderiram à manifestação silenciosa, e até mesmo aqueles que permanecem abertos. Desde o início da pandemia, os principais pontos de aglomeração são as agências bancárias e casas lotéricas, algo que já acontecia antes mesmo da pandemia. “Acho incrível as pessoas se acharem no direito de achar o que é essencial! Pra mim, o meu comércio é totalmente essencial; pois vivo somente dele e mesmo se eu tivesse outra fonte de renda, tenho minhas colaboradoras! Toda renda do meu sustento vem dele! Sem falar de todas minhas colaboradoras que dependem também dele”, postou uma comerciante. Os comerciantes receberam apoio da população. “Minha total solidariedade aos comerciantes fidelenses que levam a sério as medidas de prevenção à covid!”, diz uma das publicações. Veja as informações sobre o decreto de fechamento AQUI.

VEJA MAIS

VEJA MAIS