segunda-feira , 25 maio 2020

Com 15 casos confirmados de Covid-19, Prefeito de Cambuci decreta Lockdown Com o decreto, prefeito proíbe toda atividade comercial considerada não essencial, a circulação de moradores, e disse que irá instalar barreiras sanitárias

Com o decreto, prefeito proíbe toda atividade comercial considerada não essencial, a circulação de moradores, e disse que irá instalar barreiras sanitárias

Fotos: SF Notícias

Cambuci, no Noroeste Fluminense, passa a ser o segundo município entre as cidades do Norte e Noroeste Fluminense a decretar medidas de lockdown. O anúncio foi feito pelo prefeito Agnaldo Vieira Mello, através de um vídeo publicado na página oficial da prefeitura. A medida foi tomada após o município confirmar o décimo quinto caso de Covid-19, isso em apenas nove dias. O primeiro caso foi registrado no dia 06 de maio. “Isso significa um aumento de 1.500% nos casos de coronavírus no município de Cambuci. Todos os distritos têm casos positivos de Covid-19, o que acende um alarme. Essa contaminação tá sendo muito maior que a média nacional. Seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde, do Governo do Estado e do Ministéro Público Estadual, decretamos a partir de hoje o lockdown, até o dia 31 de maio. Todas as atividades comerciais não essenciais estão proibidas”, diz o prefeito no vídeo. O prefeito também proibiu a circulação dos moradores e disse que irá instalar barreiras sanitárias em pontos estratégios das entradas da cidade. (continua após o vídeo)

Lockdown é a versão mais rígida do distanciamento social. É quando a recomendação se torna obrigatória. Na prática, “lockdown” é a medida mais radical para que haja distanciamento social, quando os governantes decretam bloqueios para que a população em geral, permaneça em casa. A palavra é o correspondente em inglês a confinamento, um bloqueio total. O prefeito não explicou como será feita a fiscalização de circulação dos moradores e nem se haverá multa para quem descumprir o decreto. O prefeito fala em instalar barreiras sanitárias, mas não fala em bloqueios nas ruas da cidade para evitar a circulação dos moradores. Segundo o boletim divulgado no mesmo vídeo, o município possui 15 casos confirmados da doença. De acordo com a prefeitura, são seis casos confirmados na sede do município, um em São João do Paraíso, três em Três Irmãos, um em Monte Verde, dois em Funil e dois em Cruzeiro. Todos os casos estão em isolamento domiciliar.

Mais do SFn