Casos de Covid-19 aumentam e Prefeitura de Trajano de Moraes adota novas medidas de restrição

O município, que recentemente foi o último no estado a confirmar uma morte em decorrência da Covid-19, já ultrapassou 150 casos confirmados, contabilizando 31 casos ativos no momento
Fotos: arquivo prefeitura

O município de Trajano de Moraes, na Região Serra do Rio, o último do estado a registrar casos de coronavírus – e recentemente o último a confirmar a 1ª morte – adotou novas medidas de restrição devido ao aumento no número de casos de Covid-19. As novas regras estarão em vigor até o dia 08 de dezembro. O decreto reforça a obrigatoriedade do uso de máscaras e álcool em gel em todo o território do município. O documento determinar ainda que padarias, lanchonetes, petshops, bares, restaurantes e congêneres funcionem de domingo a quinta-feira, até no máximo 22h, e de sexta-feira a sábado até no máximo 23h59. O consumo imediato nesses estabelecimentos está proibido, sendo autorizado somente entrega a domicílio (delivery) ou retirada dos produtos previamente embalados. Os estabelecimentos não poderão permitir o ingresso de clientes em suas unidades, segundo o decreto.

Já os estabelecimentos do ramo de hotelaria não poderão ocupar mais do que 50% de sua capacidade de lotação. Os demais ramos de atividade e estabelecimentos comerciais deverão adotar regras de ingresso de clientes, de acordo com o espaço (confira AQUI). As autoridades sanitárias, tributárias ou de posturas, com auxílio da guarda municipal, se necessário interditarão e lacrarão as empresas que forem flagradas descumprindo o decreto. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do município, já são 153 casos confirmados, sendo 122 recuperados e uma morte em decorrência da doença. Há 31 casos ativos no momento, 11 casos suspeitos e duas pessoas internadas. Ao todo, 116 pessoas estão em isolamento e quarentena.

VEJA MAIS

VEJA MAIS