Amputação da pata pôde ser evitada, mas o animal, que também foi castrado, precisa de 30 dias de recuperação

Cão vítima de atropelamento precisa de lar temporário, em São Fidélis

Mais um cachorro foi vítima de atropelamento em São Fidélis

e agora precisa de um lar temporário – ou definitivo – para se recuperar. Nas redes sociais, o advogado Veiga Amaral compartilhou o caso.

Segundo ele, o cão é de rua e ficou gravemente lesionado em um acidente ocorrido em frente à sua casa. O cachorro acabou indo parar na frente do Corpo de Bombeiros e os militares resgataram o animal. Ele está internado e a princípio, teria que amputar a pata.

Foram feitos os preparativos para a cirurgia e até aplicada a anestesia, mas após examinar minuciosamente o ferimento, o veterinário concluiu que a amputação poderia ser evitada. Ainda de acordo com o advogado, como o cão estava anestesiado, o veterinário aproveitou para castrá-lo, e agora ele precisa de 30 dias de recuperação. As despesas ainda não podem ser calculadas por conta dos medicamentos, mas o advogado também está arrecadando doações.

A conta para os interessados em ajudar é: Banco Bradesco; Agência 6895; Conta Corrente 0002419-8 em nome de J. W. Artigos Veterinários. Após o depósito, o comprovante deve ser enviado para o e-mail: [email protected], para que os valores sejam conferidos junto à clínica.

Mais do SFn