Cambuci contabiliza 30 casos de Covid-19; parte do comércio vai reabrir na segunda Dos 30 casos confirmados, 15 já se recuperaram. Lojas de roupas, calçados, 1,99, eletrodomésticos, tecidos e materiais de construção vão poder reabrir com algumas restrições

Dos 30 casos confirmados, 15 já se recuperaram. Lojas de roupas, calçados, 1,99, eletrodomésticos, tecidos e materiais de construção vão poder reabrir com algumas restrições

Foto: reprodução

O município de Cambuci, no Noroeste Fluminense, já contabiliza 30 casos confirmados do novo coronavírus. Segundo o prefeito Agnaldo Vieira Mello, dos 30 infectados, 15 já se recuperaram e os demais estão em isolamento domiciliar, evoluindo bem. Os casos estão distribuídos pela sede do município (17), São João do Paraíso (1), Três Irmãos (3), Monte Verde (1), Funil (2) e Cruzeiro (6). Em vídeo publicado na página da prefeitura, o prefeito informou que o município irá testar 15% da população. Cambuci tem 14.829 habitantes. A prioridade é testar profissionais da área da saúde, policiais militares, bombeiros e agentes da guarda, além de comerciantes e funcionários dos estabelecimentos comerciais. (continua após a publicidade)

Há duas semanas o prefeito decretou o chamado lockdown. A medida vale até o próximo dia 31. Ainda no vídeo publicado ontem, o prefeito disse que a partir do dia 1º de junho, lojas de roupas, calçados, 1,99, eletrodomésticos, tecidos e materiais de construção vão poder reabrir com algumas restrições. Os comerciantes terão que evitar aglomerações, oferecer álcool em gel e só permitir a entrada de pessoas usando máscaras. Igrejas, bares, lanchonetes e restaurantes permanecem fechados.

Mais do SFn