Avião com Bombeiros do RJ a caminho da Bahia faz pouso técnico para manutenção no aeroporto de Campos

Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave C-130 Hércules fez um pouso técnico. O Corpo de Bombeiros do RJ enviou 40 militares, 20 embarcações e um helicóptero para a Bahia

Imagens: Ricardo Cassiano – Phelipe Soares/Inter TV

Duas aeronaves C-130 Hércules de Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram da Base Aérea do Galeão (RJ) nesta quarta-feira (29) para cumprirem missão em apoio às vítimas das chuvas no sul da Bahia. Os aviões levaram 40 militares do Corpo de Bombeiros do RJ que irão ajudar nas ações de busca e salvamento na Bahia. O Corpo de Bombeiros do RJ também enviou 20 embarcações, material para socorro em inundações e soterramentos, kits de primeiros-socorros e um helicóptero.

Na equipe enviada à Bahia pelo Corpo de Bombeiros do RJ estão especialistas em desastres, guarda-vidas, operadores de embarcações e profissionais de atendimento pré-hospitalar. “O governo do Estado do Rio de Janeiro não poderia deixar de ser solidário para ajudar a atenuar esta tragédia com a população da Bahia. Nossos bombeiros e materiais enviados vão ajudar a intensificar os trabalhos nas regiões atingidas pelas fortes chuvas”, destacou o governador Cláudio Castro.

continua após as imagens

Uma das aeronaves da Força Aérea realizou um pouso técnico no Aeroporto Bartolomeu Lisandro, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Em nota enviada ao SF Notícias, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que das duas aeronaves que decolaram do Rio, uma pousou em Vitória da Conquista (BA). A segunda aeronave, que realizou um pouso técnico em Campo dos Goytacazes (RJ), prosseguiu viagem transportando os demais profissionais e equipamentos, conforme previsto.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Após passar por manutenção no aeroporto de Campos, a aeronave seguiu para Bahia já no final da tarde. Ainda em nota, a Força Aérea Brasileira informou que “o Comando da Aeronáutica mantém um esforço contínuo e permanente de seu efetivo e de suas aeronaves em atendimento às necessidades da população das áreas afetadas, neste momento de necessidade”.

VEJA MAIS

VEJA MAIS