Auxílio Emergencial: Caixa vai creditar 1ª parcela a 236 mil novos aprovados nesta semana

O valor médio do benefício é de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família

A Caixa Econômica Federal realizará o pagamento do Auxílio Emergencial a 236 mil novos beneficiários aprovados. Desse total, os nascidos entre janeiro e maio receberão a primeira parcela já na próxima quinta-feira (15/04). Os que nasceram depois de maio entram no calendário normal de repasses. Segundo a Caixa, os pagamentos serão realizados nas contas Poupanças Sociais Digitais, movimentadas por meio do aplicativo CAIXA Tem. A partir da data do crédito, os valores já podem usados para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de um milhão de estabelecimentos comerciais. Acompanhe o seu benefício AQUI.

Veja o calendário de pagamentos da primeira parcela para os novos aprovados:
• Nascidos em janeiro, fevereiro, março, abril e maio: 15 de abril
• Nascidos em junho: 18 de abril
• Nascidos em julho: 20 de abril
• Nascidos em agosto: 22 de abril
• Nascidos em setembro: 25 de abril
• Nascidos em outubro: 27 de abril
• Nascidos em novembro: 29 de abril
• Nascidos em dezembro: 30 de abril

A Caixa destaca que não é necessário se dirigir às agencias do banco para tirar dúvidas. A central telefônica 111 da CAIXA funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h, não tem custos e está pronta para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza o site auxilio.caixa.gov.br. O banco informa também que, para facilitar o acesso de todos os brasileiros à poupança digital, passou a custear o tráfego de dados necessário para utilizar o aplicativo CAIXA Tem. A navegação no aplicativo após a etapa de login será possível mesmo que o usuário não tenha pacote de dados suficiente.

Pelas regras estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o Auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. O valor médio do benefício será de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família.
• As famílias, em geral, recebem R$ 250;
• A família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375;
• Pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

VEJA MAIS

VEJA MAIS