Atleta de São Fidélis se destaca em competições de frescobol dentro e fora do estado

Guilherme Almeida pratica o esporte há mais de 10 anos; ele já foi campeão no circuito capixaba e vice-campeão no circuito carioca
Fotos: Arquivo pessoal

São Fidélis, no Norte Fluminense, tem revelado talentos em diversas modalidades esportivas, entre elas o frescobol. O fidelenses Guilherme Almeida é exemplo disso. Ele pratica o esporte há mais de 13 anos, tendo começado a jogar na Praia de Guaxindiba, em São Francisco de Itabapoana, no ano de 2005. Mas, foi em 2019 que Guilherme participou das primeiras competições. Naquele ano, junto ao colega Jackson Lucas, de São Francisco, conquistou o primeiro lugar no Campeonato Capixaba de Frescobol. “Disputei dois circuitos estaduais, sendo campeão capixaba com uma etapa de antecedência e conquistando todas as etapas” – conta o fidelense. A prática esportiva, entretanto, foi impactada pela pandemia de Covid-19. Guilherme relata que chegou a ficar três meses sem jogar.

Treinamento durante a pandemia

No final do mês, o fidelense iria participar do 1º Open de Frescobol na Praia de Guaxindiba. A realização do evento chegou a ser noticiada pelo SF Notícias, mas nesta quarta (06) os organizadores anunciaram que o evento foi cancelado. “Após reunião realizada há pouco na prefeitura, entre as autoridades competentes, decidiu-se pelo cancelamento do 1° OPEN DE FRESCOBOL, que aconteceria nos próximos dias 23 e 24, em função da pandemia e possíveis desdobramentos que a realização do mesmo poderia ocasionar” – diz a publicação da Alpha Frescobol de Competição. Guilherme chegou a fazer sua inscrição.

Guilherme e família em Vila Velha, na primeira etapa do circuito capixaba em 2019

O fidelense iria disputar o 1º Open na categoria masculina, ao lado do campista Rogélio, e a categoria mista, ao lado da capixaba Simone. No final do ano passado, Guilherme participou de uma competição em Búzios, na inauguração de uma arena particular, e de uma etapa em Araruama. Em Búzios, conquistou o 3º lugar. “Lá foi sorteio, os atletas se inscreveram e teve um sorteio para definir as duplas. Mas, os circuitos são com duplas já formadas” – explica. Sobre a expectativa para os próximos meses ele se mostra esperançoso. “O esporte foi muito impactado, porém tenho boas expectativas, pois no nordeste alguns estados e cidades estão realizando torneios” – afirma. Além de Guaxindiba, Guilherme treinava em um clube em São Fidélis e na Associação Campista de Frescobol.

VEJA MAIS

VEJA MAIS