Anvisa autoriza testes do soro anticovid do Butantan em humanos

Esta será a primeira vez que o soro será testado em pessoas, o que exigiu da Anvisa uma avaliação criteriosa dos aspectos técnicos e de segurança do produto

Imagem: Reprodução/ CNN

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, autorizou nesta terça-feira (25/05) o início dos testes do soro anti-Sars-CoV-2, desenvolvido pelo Instituto Butantan. Com isso, o Butantan já pode começar a aplicação do soro em voluntários da pesquisa. Esta será a primeira vez que o soro será aplicado em humanos. A Anvisa já havia dado a anuência para a pesquisa no dia 24 de março, mas mediante a assinatura de um Termo de Compromisso que previa a entrega de informações complementares, que ainda não estavam disponíveis naquele momento. A autorização foi concedida após o Butantan submeter o novo protocolo clínico com as adequações necessárias para que o estudo possa ser iniciado em humanos.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

A avaliação da proposta de pesquisa foi feita integralmente pela Anvisa, sem a participação de outras agências estrangeiras, já que as fases iniciais de testes clínicos do soro serão feitas apenas no Brasil. “Como esta é a primeira vez que o soro do Butantan será testado em pessoas, isso exigiu da Agência uma avaliação criteriosa dos aspectos técnicos e de segurança do produto. Até o momento, o soro foi testado somente em animais” – informou a Anvisa. Os testes em humanos vão verificar a segurança e a eficácia do soro contra a Covid-19, que tem o objetivo de amenizar os sintomas nas pessoas já infectadas, não sendo capaz de curar nem de prevenir a doença.

 

VEJA MAIS

VEJA MAIS