Vítima de acidente doméstico tem morte cerebral e família autoriza doação de órgãos, em Campos

Segundo o psicólogo do NF Transplante, Luis Cosmelli, foram captados fígado e rins; três pessoas foram beneficiadas

Foto: César Ferreira

O NF Transplantes, que funciona no Hospital Ferreira Machado (HFM) e é pioneiro nas ações e procedimentos pró-transplantes no interior do Estado do Rio de Janeiro, junto ao Programa Rio Transplantes, promoveu, nesta segunda-feira (19/07), a segunda captação de órgãos neste mês. As duas ocorreram em um intervalo inferior a uma semana. Segundo o psicólogo do NF Transplante, Luis Cosmelli, o paciente é um homem, identificado como Carlos Roberto de Pinheiro Sousa, 66 anos, funcionário aposentado da Cedae. Ele residia no bairro Jardim Carioca e teve um trauma grave na cabeça após um acidente doméstico.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Com a constatação da morte cerebral, a esposa e o filho autorizaram a doação dos órgãos. Os profissionais do Programa Estadual de Transplantes (PET-RJ) e da Superintendência de Operações Aéreas da Saúde (SOAer) chegaram a Campos no final da manhã e foram captados fígado e rins. Ainda segundo Cosmelli, mais três pessoas da lista de espera foram beneficiadas.

No dia 13 de julho, a família da jovem Thainara Abreu, de 21 anos, vítima de um acidente de moto, que também teve morte cerebral confirmada, também autorizou a doação de órgãos. Foram captados fígado, rins e córneas, que beneficiaram cinco pessoas que estavam na fila de espera.

VEJA MAIS

VEJA MAIS