Vigilância em Saúde explica protocolo de testagem para Covid-19 em São Fidélis

Nas terças e quintas, por exemplo, os testes são realizados somente até às 13h, pois o setor precisa passar por uma desinfecção
Foto: SF Notícias

Em um vídeo publicado na página oficial da Prefeitura de São Fidélis, no Norte Fluminense, nesta quinta-feira (23), a Superintendente de Vigilância em Saúde, Hítalla Valentim, esclareceu algumas dúvidas sobre a testagem para Covid-19 no município. Segundo ela, os testes são feitos de segunda a sexta-feira, sendo que na terça e quinta a testagem é de 9h às 13h, pois o setor fecha para desinfecção devido à grande circulação de pessoas infectadas ou com suspeita da doença. Nos demais dias, os horários de testes são entre 9h e 11h e 14h30 e 16h. “A partir do momento que a pessoa apresenta os sinais e sintomas de síndrome gripal ela tem que se dirigir ao Centro de Covid-19 onde passará por um atendimento médico, o médico vai fazer todas as avaliações, e vai estar dando o encaminhamento onde estará escrito a data dos primeiros sintomas, a data que esse paciente deve testar” – explica. Com o encaminhamento e na data indicada, o paciente deve se dirigir a sede da Vigilância em Saúde para a realização do teste. (continua após o vídeo)

A superintendente explica ainda que o teste realizado acusa anticorpo IgM e IgG. O IgM indica que a pessoa está contaminada e corre o risco de transmitir o vírus. O IgG indica que a pessoa teve contato com o vírus e já criou anticorpos contra a doença, estando recuperada. “Se a pessoa apresenta IgM, a gente dá todas as orientações de isolamento, a gente questiona sobre os contatos diretos, se alguém está apresentando sinais e sintomas. É feita toda uma triagem e a gente remarca. Em uma semana ela vai voltar para testar e ver se apresenta IgG” – explica. A profissional lembra ainda que o teste rápido precisa ser realizado com no mínimo 10 dias após o início dos sinais e sintomas, pois o paciente pode apresentar um resultado falso negativo.

VEJA MAIS

VEJA MAIS