Vídeos mostram perdas e estragos provocados pelas fortes chuvas em casas do bairro Barreira, em Macuco

Muitas famílias perderam vários pertences, como móveis, eletrodomésticos e roupas, e precisam de doações. Veja como ajudar:
Fotos e vídeos: Rodrigo Cuco

Em meio a uma pandemia e às vésperas do Natal, algumas famílias do bairro Barreira, em Macuco, na Região Serrana do Rio, lutam para recomeçar – praticamente do zero – após as fortes chuvas que atingiram o município na terça-feira (22/12). O bairro foi o mais afetado. O grande volume de água transformou diversas ruas em rios com correnteza. A água invadiu várias residências no Barreira e também uma agência bancária e alguns estabelecimentos comerciais na área Central. Nesta quarta (23), que foi um dia de muito trabalho para os macuquenses, já que após a água ter baixado tudo ficou tomado pela lama, o Rodrigo Cuco percorreu o bairro Barreira mostrando a situação das famílias. Uma das residências visitadas foi a de um vídeo que circula nas redes sociais no qual é possível ouvir o desespero de uma criança durante a forte chuva. A menina grita desesperadamente pela mãe. O vídeo foi gravado no bairro Barreira. A imagem mostra um grande volume de água passando pelo quintal da residência. Rodrigo esteve na casa em que o vídeo foi gravado. “A força da água foi tão grande que arrebentou o portão. Perdeu fogão, perdeu muita coisa. Derrubou o muro” – disse.

continua após o vídeo

Os vídeos mostram ainda móveis e colchões encharcados, eletrodomésticos destruídos e muita, muita lama. Em uma das casas a água chegou à altura de 1 metro. “Quero pedir ajuda, quem puder fazer doações pra ajudar com roupas, roupas de cama, com móveis, fogão, geladeira. Precisamos com urgência de doações” – diz Rodrigo em um dos vídeos. Ele disponibilizou o número (22) 9-8174-4939 e seu perfil no Facebook (AQUI) para que os interessados em ajudar entrem em contato. A prefeitura do município informou que ainda na noite de terça iniciou os trabalhos para reduzir os impactos da forte chuva. “Por conta da tempestade, a Defesa Civil Municipal, junto à Secretaria de Obras e Serviços Públicos e à Guarda Municipal, atendeu ocorrências em todos os bairros, entre elas alagamentos, queda de telhados que aconteceu em algumas residências. As equipes estão empenhadas atuando em trabalho de limpeza e desobstrução das vias, eventuais reparos e demais atendimentos às ocorrências e chamados dos cidadãos macuquenses, objetivando que a situação seja normalizada o mais rápido possível” – publicou a prefeitura na manhã desta quarta. Como a previsão é de chuva até esta sexta na região a prefeitura orienta que em caso de emergência os moradores liguem para 199/ 2554-1344 ou 99937-3326.

Chuva forte em Macuco
Ao SF Notícias, o comandante da Guarda Municipal, Wagner Cardoso, informou que uma chuva muito forte atingiu o bairro Barreira, e toda a água foi em direção ao Centro do município. Segundo ele, o grande volume de água provocou a elevação de um córrego, mas o mesmo não chegou a transbordar. A água invadiu algumas residências e, na área Central, chegou a entrar em uma agência bancária e alguns estabelecimentos comerciais. O município também registrou quedas de barreiras. A chuva veio acompanhada de raios e rajadas de vento, provocando quedas de árvores. Equipes do Corpo de Bombeiros de Cordeiro foram deslocadas para dar suporte às equipes de Defesa Civil e Guarda Municipal do município.

continua após o vídeo

O bairro Barreira, onde mais choveu, não possui uma estação pluviométrica, mas a estação do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, no bairro Reta, registrou 79.05 milímetros de chuva em 24 horas, sendo 61.94 em 11 horas. O município também chegou a ficar sem energia elétrica. Segundo o Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE, naquele dia foram registrados 94 raios nuvem-solo (que tocaram o solo) e 324 raios intra-nuvem (que ficaram nas nuvens).

VEJA MAIS

VEJA MAIS