Vídeo: Temporais com granizo assustam e causam transtornos em Campos, Quissamã, Açu e Gargaú

Além de assustar os moradores, o temporal provocou quedas de muitas árvores, alagamentos, destelhamento de casas, entre outros transtornos. Institutos de meteorologia haviam alertado para a possibilidade de temporais na região nesta quarta (31)

Em alguns municípios do Norte Fluminense, as águas de março fecharam o verão trazendo prejuízos e transtornos aos moradores. O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) e o Instituto Nacional de Meteorologia haviam alertado para o risco de temporais entre a tarde e noite desta quarta-feira (31/03) e foi o que ocorreu. Em pontos da Baixada Campista, São João da Barra, Quissamã e de São Francisco de Itabapoana, a chuva forte veio acompanhada de fortes rajadas de vento e granizo, o que assustou moradores. Em Campos, houve quedas de árvores na RJ-216, a Campos x Farol, que mobilizaram o Corpo de Bombeiros. Na localidade de Alto da Areia casas ficaram destelhadas com a chuva de granizo e também houve quedas de árvores devido às fortes rajadas de vento. A Defesa Civil se deslocou para a localidade para atender os moradores. Também há registro de chuva forte com granizo no Açu, em São João da Barra.

Continua após o vídeo

https://www.instagram.com/p/CNH5pOEDWbT/

Em Quissamã a prefeitura informou que houve registros de árvores e galhos caídos em algumas ruas e avenidas, entre elas na Rua Conde de Araruama, no Centro, próximo à sede da Prefeitura. O temporal acompanhado de granizo assustou os moradores. “Foi horrível, casas destelhadas, vidros quebrados por causa dos granizos”; “Nossa foi poucos minutos de muito medo, assustador, como há muitos anos não via!” – relataram alguns moradores. Segundo a prefeitura, equipes da Defesa Civil, Guarda Municipal, Secretaria de Obras, Serviços Públicos e Urbanismo e outras pastas percorreram os bairros para vistoriar possíveis problemas devido ao temporal. O trabalho permanece nesta quinta-feira (1º).

Continua após a imagem

Um forte temporal também atingiu Gargaú, em São Francisco de Itabapoana. Foram poucos, mas assustadores minutos de chuva forte acompanhada de granizo. Nas redes sociais, moradores publicaram registros da queda de granizo. Ainda na localidade, uma passarela sobre um canal desabou. O local havia sido interditado pela Prefeitura dias antes, e felizmente não houve feridos. Entretanto, algumas embarcações estão impedidas de sair do local, pois a estrutura está impedindo a passagem. A Prefeitura do município publicou um comunicado aos moradores e pescadores: “Após o forte temporal que provocou a queda da passarela de Gargaú, que já estava interditada pela Prefeitura de São Francisco de Itabapoana em razão de problemas estruturais, emergencialmente, uma ação integrada com órgãos municipais (Obras, Planejamento, Meio Ambiente, Defesa Civil, Guarda Municipal, Emtransfi e Gabinete) estará na localidade, nesta quinta-feira (1), às 7h, para que possamos viabilizar a retirada das ferragens e minimizar os transtornos aos pescadores e moradores. Esperamos contar com a compreensão de todos, já que não mediremos esforços para normalizar a situação o mais rápido possível” – diz a nota.

VEJA MAIS

VEJA MAIS