Vídeo: Rio Muriaé transborda e segue subindo em Itaperuna; há pessoas desalojadas

Segundo a prefeitura, a Avenida Senador Francisco Sá Tinoco (Beira Rio) está interditada, assim como a ponte do Claudão

Em virtude das fortes chuvas na bacia do Rio Muriaé, o mesmo transbordou em cidades do Noroeste Fluminense. Ainda nesta quarta o nível do rio atingiu a cota da de inundação em Itaperuna, maior cidade do Noroeste Fluminense, e seguiu subindo durante a madrugada e manhã desta quinta-feira (10/02).

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

De acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura de Itaperuna, na medição realizada às 09h15min, foi constatada elevação em 1,11 m nas últimas 24 horas. Atualmente o nível do rio está em 5,03m, de acordo com a última atualização às 13h15 desta quinta, sendo que a cota de inundação é de 4 metros. Nesse momento, a Avenida Senador Francisco Sá Tinoco (Beira Rio) está interditada, assim como a ponte do Claudão – a “ponte do cinema” ainda está recebendo tráfego. Há bolsões d’água na Avenida Cardoso Moreira, a principal avenida de Itaperuna, na altura do Colégio Dez de Maio, mas sem bloqueios na via.

No último balanço realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho e Habitação, o município conta com 16 desalojados, moradores do distrito de Retiro de Muriaé, que estão em abrigo público da Prefeitura, 24 pessoas desalojadas, dentro do município, e um total de 97 afetados pelas cheias. Ao todo, os assistentes sociais realizaram 90 atendimentos através dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Duas unidades de saúde tiveram atendimentos suspensos devido à cheia do Rio Muriaé. A empresa Área Azul, responsável pelo estacionamento rotativo, suspendeu a cobrança do serviço até que a situação seja normalizada. Em caso de emergência, moradores devem entrar em contato com a Defesa Civil através do WhatsApp (22) 3824-6334.

ARVE

VEJA MAIS

VEJA MAIS