Vestibular Cederj 2021.2: aberto período para pedido de isenção e cota

São oferecidas 7.574 vagas para dezesseis cursos para o segundo período letivo deste ano

A Fundação Cecierj dá início à 39º edição do Vestibular Cederj. A etapa de solicitações de isenção da taxa de inscrição e ingresso no sistema de cotas começa nesta segunda-feira, 03 de maio. O concurso oferece 7.574 vagas distribuídas em 16 cursos, entre licenciatura (História, Ciências Biológicas, Física, Geografia, Letras, Matemática, Pedagogia, Química e Turismo), bacharelado (Administração, Administração Pública, Ciências Contábeis e Engenharia de Produção) e tecnólogo (Sistemas de Computação, Gestão de Turismo e Segurança Pública). A prova será realizada no dia 11 de julho. Os aprovados serão alunos regularmente matriculados em uma das instituições consorciadas (Cefet/RJ, Uenf, Uerj, UFF, UFRJ, UFRRJ ou UniRio), que é coordenado pela Fundação Cecierj, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Os candidatos que desejarem a isenção do pagamento da taxa de inscrição e ingresso no sistema de cotas têm entre os dias 03 e 14 de maio para se inscreverem. Os interessados devem acessar o site www.cecierj.edu.br/consorcio-cederj/vestibular/2021-2/. Para os pagantes, o prazo é diferente: as inscrições começam no dia 17 de maio e vão até 10 de junho; eles deverão seguir as instruções contidas na página do concurso. A inscrição custa 85 reais. Em caso de dúvida, a pessoa deve enviar um e-mail para [email protected]. O Vestibular Cederj 2021.2 contará com o aproveitamento de notas de mais de uma edição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). O candidato que desejar utilizar a nota do ENEM deve prestar atenção às regras definidas, no edital, por cada universidade.

Os que desejarem fazer uso do que dispõe o Decreto Estadual nº 43.065, de 08/07/2011, que trata dos direitos de travestis e transexuais em utilizarem o nome social na administração direta e indireta do Estado do Rio de Janeiro, deverão enviar e-mail formalizando seu pleito para [email protected], informando seu número de requerimento e o nome a ser inserido como nome social.

Os cursos ofertados são semipresenciais e utilizam ferramentas de estudo e interação, tais como: material didático próprio, especialmente preparado para educação a distância, impressos, videoaulas e recursos multimeios; sistema de apoio à aprendizagem, baseado em duas formas de tutoria: a tutoria presencial, que ocorre no polo regional mais próximo do aluno, e a tutoria a distância, que conta com mediadores presentes nas salas de tutoria das universidades, aos quais o estudante tem acesso por meio da plataforma CEDERJ; processo de avaliação presencial, realizado nos polos regionais, similar àquele utilizado para avaliar os estudantes nos cursos presenciais das universidades; a plataforma CEDERJ, um ambiente virtual de aprendizagem que disponibiliza ferramentas que garantem recursos pedagógicos, atividades e interatividade; laboratórios didáticos de Biologia, Computação, Física e Química nos polos regionais para atividades práticas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS