Venda da Oi: Clientes da Oi em cidades da região terão a TIM como operadora

DDDs 21, 22 e 24 serão migrados para a operadora Tim: Consumidor que não quiser ser atendido pela companhia poderá fazer a transferência de operadora sem custo

Com a venda da Oi Móvel para Claro, TIM e Vivo, aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) nesta quarta-feira (09) os clientes do Rio de Janeiro, com DDDs 21, 22 e 24, passarão a ter a TIM como operadora. Isso porque a divisão de consumidores será realizada por código de área.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Mas, quem não quiser ser atendido pela companhia poderá fazer a migração sem custo, conforme estabeleceu a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Cerca de 42 milhões de clientes atuais da Oi serão divididos às concorrentes da seguinte forma: a TIM ficará com 14,5 milhões de linhas; Claro, com 11,7 milhões; e Vivo, com outros 10,5 milhões.

A TIM ficará com um total de 29 DDDs (11, 16, 19, 21, 22, 24, 32, 51, 53, 54, 55, 61, 62, 63, 64, 65, 66, 67, 68, 69, 73, 75, 89, 93, 94, 95, 96, 97 e 99).

A Claro, com 27 (DDDs 13, 14, 15, 17, 18, 27, 28, 31, 33, 34, 35, 37, 38, 43, 44, 45, 46, 47, 48, 49, 71, 74, 77, 79, 87, 91 e 92).

A Vivo, com 11 (DDDs 12, 41, 42, 81, 82, 83, 84, 85, 86, 88 e 98).

Na decisão sobre a operação, a Anatel determinou que as teles apresentem o passo a passo de como será a transferência para TIM, Claro e Vivo. Além disso, a agência estabeleceu que seja repassado ao consumidor o direito da portabilidade, a ausência de cobrança em virtude de quebra de fidelização dos contratos dos usuários de telefonia móvel ou combo da Oi, bem como canais para dúvidas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS