Varre-Sai confirma primeira morte de paciente diagnosticado com Covid-19

A prefeitura distribui kits com azitromicina para moradores que foram diagnosticados com Covid-19. Os kits também possuem dipirona ou paracetamol e vitamina (Lavitan). Segundo a prefeitura, a distribuição "antecipa o tratamento dos pacientes que necessitam, evitando o agravamento dos casos e até mesmo, o óbito".
Prefeitura distribui kits para pacientes com Covid-19

A Prefeitura de Varre-Sai, no Noroeste Fluminense, confirmou nesta terça-feira (28/07) a primeira morte de um paciente diagnosticado com Covid-19 no município. A prefeitura não divulgou informações sobre sexo e nem idade do paciente. Além da morte, foram confirmados mais 10 novos casos da doença em Varre-Sai nesta terça, elevando para 141 o número de casos positivos no município. Desse total, 105 pessoas já se recuperaram. Segundo o bolem divulgado pela prefeitura nesta terça, no momento, apenas uma pessoa diagnosticada com o novo coronavírus está internada. Varre-Sai estava entre os poucos municípios do estado sem morte por Covid-19. (continua após a publicidade)

A prefeitura do município está distribuindo kits com azitromicina para moradores que foram diagnosticados com Covid-19. Azitromicina é um antibiótico usado no tratamento de várias infeções bacterianas. Os kits também possuem dipirona ou paracetamol e vitamina (Lavitan). Segundo a nota da prefeitura, os kits são distribuídos para moradores que testaram positivo para a doença. A nota diz ainda que a distribuição “antecipa o tratamento dos pacientes que necessitam, evitando o agravamento dos casos e até mesmo, o óbito”. No Centro de Triagem do município, é feita uma avaliação de qual exame é o mais indicado para o paciente. O teste rápido é realizado quando já se tem 10 dias de sintomas que é o período ideal para o melhor resultado e o Swab é realizado com quatro dias de sintomas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS