Urgente: Cordeiro também confirma circulação da variante Delta do Coronavírus, a mais transmissível

Nesta semana Cordeiro saiu da bandeira vermelha, mas voltou a registrar mortes em decorrência da Covid-19

O município de Cordeiro, na Região Serrana do Rio, também confirmou, neste domingo (29/08), a circulação da variante Delta do Coronavírus. Originária da Índia, e considerada a variante mais transmissível do Coronavírus, ela já foi identificada em mais de 100 países, e aqui no Brasil, vem crescendo o número de casos em cidades dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. A Delta é uma das chamadas “variantes preocupantes” e classificadas pela Organização Mundial de Saúde por terem a possibilidade de gerar reinfecção em quem já teve a doença.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

Várias cidades das regiões Norte, Noroeste e Serrana do estado estão confirmando, nesses últimos dias, casos da variante. Neste domingo, além de Cordeiro, Cantagalo também confirmou casos (reveja AQUI). Em um comunicado feito neste domingo, a Secretaria de Saúde de Cordeiro não divulgou quantos casos foram confirmados, mas confirmou que a variante já está em circulação no município.

“A Secretaria Municipal de Saúde confirma a variante Delta do CoronaVírus em Cordeiro. Use máscara e cuide-se, vamos juntos vencer o coronavírus!”, diz o  comunicado.

Casos de Covid
Nesta semana Cordeiro saiu da bandeira vermelha, mas voltou a registrar mortes em decorrência da Covid-19. Ontem a prefeitura confirmou duas novas mortes. Desde o começo da pandemia Cordeiro já registrou 3.428 casos, sendo que 3.341 moradores já se recuperaram e 53 perderam a vida. No momento há duas pessoas internadas, mas como o município também recebe pacientes de outras cidades, 60% dos leitos de UTI ocupados (são dez leitos). Já os leitos clínicos (de enfermaria) estão vazios; são oito ao todo.

Vacinação
Desde o começo da vacinação, 15.189 moradores de Cordeiro já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19, e 8.485 já receberam as duas doses ou a vacina de dose única.

VEJA MAIS

VEJA MAIS