Unidades municipais devem manter postos para a realização de testagem para Covid-19, orienta SES

A medida tem como objetivo tornar o diagnóstico acessível a todos que procurarem os serviços de saúde pública e manter o monitoramento do cenário epidemiológico da Covid-19 no estado

Imagem: Josué Damacena/ IOC Fiocruz

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS), enviou nota técnica aos 92 municípios com orientações sobre testagem para Covid-19 no estado. O texto alerta para que as unidades básicas e de pronto atendimento mantenham a oferta de teste rápido de antígeno para todos os casos de síndrome gripal. A medida tem como objetivo tornar o diagnóstico acessível a todos que procurarem os serviços de saúde pública e manter o monitoramento do cenário epidemiológico da Covid-19 no estado. Além disso, a realização do exame permite que, nos casos confirmados, as medidas de contenção sejam adotadas, evitando a transmissão da doença.

Para os casos confirmados da doença, a SVAPS recomenda isolamento de sete a dez dias. Caso o paciente esteja no sétimo dia sem apresentar sintomas respiratórios, febre e sem uso de medicamentos antitérmicos há pelo menos 24 horas, o isolamento pode ser de sete dias. E de dez dias, se, ao sétimo dia, o paciente ainda apresentar sintomas respiratórios ou febre. Nos casos em que o paciente chegar ao décimo dia de isolamento ainda apresentando sintomas, é recomendado manter o isolamento até que complete 24 horas sem sintomas e sem febre, independentemente do tempo.

Testou positivo para Covid-19?
– ISOLAMENTO DE 7 DIAS – Se, ao sétimo dia estiver sem sintomas respiratórios, sem febre e sem uso de medicamentos antitérmicos há pelo menos 24 horas, pode deixar o isolamento e, neste caso, não é necessário realizar nova testagem.
– ISOLAMENTO DE 10 DIAS – Se, ao sétimo dia ainda apresentar sintomas respiratórios e/ou febre, manter o isolamento por 10 dias. Só deixar o isolamento após 24 horas sem febre. Não apresentando sintomas e febre, não precisa realizar testagem para sair do isolamento.
– ISOLAMENTO ACIMA DE 10 DIAS – Se permanecerem os sintomas no décimo dia, manter o isolamento até que complete 24h sem sintomas e sem febre, independentemente do tempo.

Outras orientações devem ser seguidas até o décimo dia completo do início dos sintomas ou caso o isolamento seja interrompido. As medidas incluem o uso de máscara bem ajustada ao rosto em casa ou em público, evitar contato com pessoas imunocomprometidas ou que possuam fatores de risco para agravamento da Covid-19, assim como locais com aglomerações de pessoas, como transporte público. Não frequentar locais onde não possa usar máscara durante todo o tempo, como restaurantes e bares; evitar comer próximo a outras pessoas e não viajar durante o período de isolamento.

No caso de precisar interromper o isolamento antes do décimo dia do início dos sintomas por motivos de viagem, é recomendado que a pessoa faça o teste RT-PCR ou teste de antígeno. Caso não seja possível realizar o teste, orienta-se adiar a viagem por pelo menos dez dias a contar do início dos sintomas. A SES reforça a importância da população completar o esquema vacinal contra a Covid-19. Quem ainda não tomou a segunda dose ou a dose de reforço deve procurar os postos de saúde o quanto antes para receber a imunização.

VEJA MAIS

VEJA MAIS