quinta-feira , 22 outubro 2020

Unidades do IFF em Campos, Bom Jesus e Macaé receberão recursos para criação de Laboratórios IF Maker Serão investidos cerca de R$ 230 mil para implantação de Laboratórios de Prototipagem

Serão investidos cerca de R$ 230 mil para implantação de Laboratórios de Prototipagem

Foto: divulgação

O Instituto Federal Fluminense teve três campi selecionados no edital de apoio à criação de Laboratórios de Prototipagem nas Instituições de Ensino da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, chamados Lab IF Maker. Os campi Bom Jesus do Itabapoana, Campos Guarus e Macaé receberão R$ 230.200,00 do Ministério da Educação (MEC) para investir na aquisição de equipamentos para criação de seus laboratórios. As propostas de criação dos Lab IF Maker nos campi Bom Jesus, Campos Guarus e Macaé foram selecionadas pelo IFFluminense, por meio de edital  interno, e submetidas à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC).  Os Lab IF Maker possibilitam que as instituições adotem metodologias mais ativas, em que o estudante assume o protagonismo do processo de ensino/aprendizagem e aprende fazendo. Eles têm como função primordial estimular o espírito de criação e inovação nos estudantes integrando novas tecnologias e a sala de aula, por meio de ferramentas como impressoras 3D, scanner 3D, CNC Laser, Kit Robótica Arduino e Lego, entre outros equipamentos. (continua após a publicidade)

A ideia é que o aprendizado prático possa gerar produtos: um aplicativo, um game, um projeto de robótica e muito mais. O diretor de Internacionalização e Inovação do IFF, Henrique da Hora, comemora o resultado da seleção. “É o momento de as ações de empreendedorismo e inovação chegarem aos campi, e os Laboratórios de Prototipação irão apoiar essas ações. Será uma oportunidade de levar a excelência do Polo de Inovação do Instituto e da Incubadora de Empresas TEC Campos para mais perto da nossa comunidade de estudantes”, destaca Henrique. A proposta para o Laboratório IF Maker do Campus Macaé foi construída a partir de projetos de pesquisa e extensão em andamento que envolvem robótica, simuladores, desenvolvimento de protótipos, astronomia, entre outros, além de projetos em parceria com instituições públicas do município. “Nosso objetivo é que o espaço Maker do Campus Macaé seja um ambiente propício à troca de ideias entre os estudantes e os profissionais, promovendo a interdisciplinaridade e desenvolvendo em nossos alunos a liberdade de criação (autonomia), inovação e trabalho em equipe”, ressalta a professora e diretora de Inovação, Pesquisa e Extensão do campus, Aurea Sugai, acrescentando que “a resolução de problemas também será estimulada, a fim de aprimorar o pensamento crítico e global dos nossos alunos, tornando-os protagonistas do processo de ensino-aprendizagem”. (continua após a publicidade)

No Campus Bom Jesus do Itabapoana, a proposta é que o Laboratório de Prototipagem contribua para o desenvolvimento dos estudantes e de diversos projetos, como Coleta e Registro de Dados Climatológicos Aplicados à Agricultura; Ensino de Computação, Automação e Robótica; Prototipagem como Instrumento de Aprendizagem no Desenvolvimento de Novos Produtos e Realidade Aumentada e Modelagem 3D. O Lab IF Maker do Campus Guarus envolverá as áreas de Indústria, Meio Ambiente e Saúde, permitindo a integração entre ensino, pesquisa e extensão. A criação do Laboratório possibilitará a ampliação de ações em andamento e o desenvolvimento de novos projetos, entre eles o de Micro Estações Meteorológicas para Identificação e Monitoramento de Microclimas Urbanos; Impressão 3D de Estruturas Anatômicas; e Prototipação e Desenvolvimento de Tecnologias para Movimentação e Transporte de Pacientes.

Mais do SFn