quinta-feira , 29 outubro 2020
Os três são investigados na operação "Cadeia Velha", desdobramento da Lava Jato

TRF decide pela prisão de presidente da Alerj e dois deputados

Fotos: TV Globo/ Reprodução

Em votação realizada nesta quinta-feira (16/11) o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) determinou, por unanimidade, a prisão preventiva do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, do líder do governo na Casa, Edson Albertassi, e do deputado Paulo Melo, todos do PMDB.

Os parlamentares são investigados na operação ‘Cadeia Velha’, um desdobramento da Lava Jato deflagrado nesta terça (14). O processo será enviado para aprovação na Alerj. Após a votação, os desembargadores determinaram a expedição dos mandados de prisão.

 

A operação investiga o uso dos cargos públicos para corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, em combinação com as empresas de ônibus. Os parlamentares devem ser presos assim que que forem expedidos os mandados de prisão, em seguida, a Alerj irá analisar, quando for notificada, se os deputados permanecerão presos.

Mais do SFn