Termina a greve dos bancários e agências voltam a abrir na segunda

Depois de 23 dias de serviços paralisados chega ao fim a greve dos bancários. No
norte do Estado o acordo feito com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) foi
aceito em assembleia realizada na noite desta sexta-feira (11/10) na sede do
sindicato da categoria em Campos. Agências voltam a atender o público na próxima
segunda-feira (14/10).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários, Hugo Diniz, os
trabalhados vão compensar o tempo de paralisação com uma hora a mais de serviço
interno até o dia 15 de dezembro.

caixa“Depois das negociações foi aceito o reajuste salarial de 8%, sendo 8,5% em cima
do piso, 10% no fixo da PLR – que passa a ser R$ 1.694,00, PLR adicional de 2,2
salários do bancário, abono assiduidade de um dia de trabalho por ano e vale
cultura de R$ 50 para quem ganha até cinco salários mínimos”, disse.

Segundo o presidente, as negociações feitas com a Fenaban nesta quinta-feira
(10/10) duraram 16 horas. “Outra vitória na campanha deste ano é com relação à
apuração de assédio moral, que agora passa de 60 para 45 dias. Depois de
formalizada a denúncia o resultado deve ser apresentado ao sindicato
responsável”, falou.

Hugo diz ainda que esta foi a maior greve dos últimos 20 anos, em todo o país
mais de 12 mil agências ficaram fechadas. Nas regiões Norte e Noroeste do Estado
cerca de mil bancários cruzaram os braços em 65 agências.

“Foi um movimento desgastante, mas a categoria saiu vitoriosa neste embate com a Fenaban”, finalizou.

Colaborou: Dorlany Del Esposti/Ururau

Fotos: Arquivo SFn

VEJA MAIS

VEJA MAIS