sexta-feira , 30 outubro 2020

Senhor de 78 anos dedica suas manhãs ao cuidado dos animais em S. Fidélis

Fotos: Matheus Almeida
Fotos: Matheus Almeida

Basta chegar na praça Guilherme Tito de Azevedo entre 7h e 8h da manhã para encontrar uma figura emblemática do local. Bernadino Sodré, um senhor de 78 anos que dedica as suas manhãs ao cuidado para com pombos e peixes da praça.

Seu Bernadino conversou com a nossa equipe de reportagem e contou como começou essa história. “Há aproximadamente dois anos, reparei que alguns peixes que viviam no lago da praça haviam morrido, pois não eram alimentados, então resolvi que iria tratar deles”;

Só que os pombos que também vivem na praça, queriam participar do banquete e foram se aproximando do bom senhor e conquistaram espaço. Hoje Bernadino alimenta os peixes e os pombos.

Basta se aproximar da praça com o saco de milho na mão que os pássaros descem do alto da Igreja Matriz e se amontoam para se alimentarem. “Quando chego lá na rodoviária os pombos já começam a descer da igreja e ficam animados com a minha presença, inclusive os peixes reparam o alvoroço dos pombos e começam a se movimentar, eles já me conhecem”, disse Bernadino.

pombos praça 1Um apaixonado por animais, Bernadino cria vários bichos em sua residência, segundo o mesmo até um jacaré já foi um dos seus animais de estimação. E fala sobre as pessoas que maltratam os animais. “Covardia, um ser humano tratar mal qualquer tipo de animal!”

Os pássaros estão tão acostumados com o seu tratador, que alguns comem na sua mão e pousam sobre os seus braços. O que seria para muitos uma preocupação, para ele não, por não acreditar que os pombos possam transmitir doenças como muitos falam, afirmando que ele já pesquisou na internet e que isso não passa de um mito.

Por outro lado é preciso tomar cuidado com as fezes dos pombos. Segundo o biólogo Gladyston Costa, cada animal produz cerca de 2,5 kg de fezes por ano e, nessas fezes, estão fungos, bactérias e ácaros que podem causar, pelo menos, 6 tipos de doenças, criptocose, que pode dar meningite; a histoplasmose, que pode dar doenças pulmonares; a salmonelose, que pode dar distúrbios gastrointestinais; além de dermatites e alergias.

pombos2

Mais do SFn