Secretaria de Educação de São Fidélis e CESF lamentam morte da professora e escritora Leny Lima

De acordo com a secretaria, Leny, que já foi diretora do CESF, é um dos nomes mais fortes na história da Educação no município

A comunidade educacional de São Fidélis, no Norte Fluminense, está novamente de luto. Nesta terça-feira (20) o município perdeu a professora Elisangela da Silva, de 47 anos. Já nesta quarta-feira (21) faleceu Leny de Souza Lima. Formada em direito, Leny foi professora e escritora, coordenadora do então núcleo de Educação da Rede Estadual em São Fidélis, diretora do Colégio Estadual de São Fidélis e da hoje Escola Municipal Professor João Barreto da Silva. Ela também fez parte do Conselho Municipal de Educação, foi Secretária Municipal de Promoção Social, teve participação ativa na política e sobretudo em parte da vida de todos da Educação de São Fidélis. Em seu perfil em uma rede social, a Secretaria Municipal de Educação lamentou o falecimento.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

“Ainda em luto pela nossa perda de ontem, hoje recebemos a triste notícia do falecimento de um dos nomes mais fortes na história da Educação em São Fidélis, Leny Lima. Um dos nossos grandes pilares que por décadas se dedicou na defesa do direito e dever de levar à educação a todos e todas. Mulher guerreira que se colocava com discurso coeso e que sempre ecoou em nossa sociedade. Formada em Direito, mas como ela sempre deixou claro era a educação que a movia” – diz trecho da nota.

Segundo a Secretaria de Educação, Leny Lima, na verdade era mais que um nome, era e sempre será uma marca de dedicação, solidariedade e de luta. “Lamentamos muito a sua perda, aquela mania de falar com tom de voz “meio bravo”, mas que sempre era só ternura e acolhimento. Hoje nos sentimos órfãos dela. Saudades eternas!” – publicou a pasta. O Colégio Estadual também publicou uma nota sobre o falecimento de Leny. “É com muita tristeza que a direção comunica o falecimento de Leny de Souza Lima, ex-diretora do colégio. Que Deus na Sua Infinita Misericórdia, conforte os corações de toda a sua família e a receba na morada celeste” – diz a publicação. A causa da morte e informações sobre o sepultamento não foram divulgadas.

VEJA MAIS

VEJA MAIS