São Fidélis confirma casos de H1N1 e H3N2

Município ainda aguarda resultado de exames de um paciente que morreu com suspeita de H1N1

Secretaria Municipal de Saúde de São Fidélis confirmou os primeiros casos de H1N1 e H3N2 no município. Segundo a secretaria, as duas pacientes deram entrada nos últimos 20 dias no Hospital Armando Vidal e ficaram internadas por 10 dias. A secretaria informou ainda que elas foram medicadas conforme o protocolo do Ministério da Saúde, e já se encontram em casa, sem restrições de contato e apenas em repouso conforme recomendações médicas.

A secretaria aguarda o resultado de exames de outro paciente, um homem de 59 anos. Ele deu entrada no Armando Vidal no dia 14 do mês passado e morreu horas depois. De acordo com a vigilância em saúde, o paciente procurou o hospital já em estado grave com sintomas de síndrome gripal e com sérias complicações respiratórias. Foi coletado material de boca e nariz do paciente. Os materiais foram encaminhados para um laboratório que irá diagnosticar se a morte foi por pneumonia ou H1N1.

A vacinação contra a gripe em São Fidélis começou no dia 25 de abril, e até o momento foram imunizadas 12.130 pessoas, sendo 92% do total da meta estabelecida.

Em situação de risco 

O Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti colocou São Fidélis em situação de risco para Dengue, Zika e Chikingunhya (reveja a matéria AQUI). Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde de São Fidélis anunciou que o carro fumacê vai percorrer as ruas do município. Reveja AQUI os horários do carro fumacê.

VEJA MAIS

VEJA MAIS