Residências que reduziram consumo de luz em 2021 terão desconto na conta de janeiro

Ganhará o bônus agora quem tiver diminuído o consumo entre setembro e dezembro em, no mínimo, 10% em relação ao mesmo período de 2020

Imagem: SF Notícias

Com o objetivo de mobilizar a população a adotar o consumo consciente de energia, a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), juntamente com o Ministério de Minas e Energia (MME) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) lançaram uma campanha de consumo consciente em 2021. Com o mote “Energia elétrica: se desperdiçar, vai faltar”, a campanha alerta para a necessidade de a população praticar o consumo consciente de energia durante a pior escassez de água dos últimos 90 anos. Através da campanha, as distribuidoras de energia elétrica darão desconto nas contas para quem reduziu o consumo de luz no ano passado.

Tem Instagram ❓❓ Siga o SF Notícias no Insta > @sfnoticias

O crédito deve ser pago na fatura referente ao mês de janeiro. Pelas regras do programa, ganhará o bônus agora quem tiver diminuído o consumo entre setembro e dezembro em, no mínimo, 10% em relação ao mesmo período de 2020. O desconto vai valer até uma redução de 20%. A redução será de R$ 0,50 por cada quilowatt-hora (kWh) do volume de energia economizado dentro da meta de 10% a 20%. O consumidor somente receberá o bônus se a soma dos consumos de energia elétrica de setembro a dezembro de 2021 for inferior à soma dos mesmos meses de 2020, em pelo menos 10%.

Segundo a Aneel, “o bônus apurado será informado na conta de luz referente ao mês de dezembro de 2021 e creditado como abatimento do valor a pagar na conta de luz subsequente”. O crédito, portanto, deve ser pago por meio de bônus na fatura referente a janeiro de 2022. Os consumidores aptos a receber o bônus são os consumidores de baixa tensão (grupo B) e os de média e alta tensão (grupo A), apenas das classes de consumo residencial, industrial, comércio, serviços e outras atividades, rural e serviço público, incluindo aqueles residenciais com benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE).

Com informações do Jornal Extra

VEJA MAIS

Homem é preso transportando maconha em Itaocara

Ele foi abordado após policiais terem recebido denúncias de que um homem que havia saído da prisão recentemente e que estaria no regime semiaberto, estaria realizando tráfico de drogas

VEJA MAIS

Homem é preso transportando maconha em Itaocara

Ele foi abordado após policiais terem recebido denúncias de que um homem que havia saído da prisão recentemente e que estaria no regime semiaberto, estaria realizando tráfico de drogas