Receita Federal destrói mais de 600 mil maços de cigarro apreendidos no Rio de Janeiro

Material é fruto de várias apreensões, cujo valor total ultrapassa R$ 3 milhões
Fotos: Divulgação

A Delegacia Especial de Comércio Exterior da Receita Federal no Rio de Janeiro trabalha desde o dia 7 de julho na destruição de 616.340 maços de cigarro de diversas marcas, fruto de várias apreensões, cujo valor total ultrapassa R$ 3 milhões. A previsão de conclusão da destruição é ainda esta semana. A operação é conduzida nas instalações do depósito da Receita Federal em Benfica, zona norte do Rio de Janeiro. Após passar por uma grande máquina trituradora, o resíduo de fumo é destinado a um aterro sanitário e o resíduo das embalagens e demais papéis é destinado à reciclagem.

VEJA MAIS

VEJA MAIS