quarta-feira , 21 outubro 2020

Primeira bebê diagnosticada com Covid-19 em Itaperuna recebe alta após 32 dias internada Ísis Vitória nasceu de 7 meses, durante a internação da mãe, que estava com Covid-19. A pequena, que estava internada desde que nasceu, se recuperou e recebeu alta no sábado (26)

Ísis Vitória nasceu de 7 meses, durante a internação da mãe, que estava com Covid-19. A pequena, que estava internada desde que nasceu, se recuperou e recebeu alta no sábado (26)

Fotos: Arquivo pessoal

No último dia 24 a pequena Ísis Vitória completou um mês de vida, período em que passou internada no Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense. Ela é a primeira bebê diagnosticada com o novo coronavírus no município. Filha da jornalista Bianca Marques, Ísis nasceu de 7 meses, durante a internação da mãe, que estava com Covid-19. No sábado (26/09) a mamãe de primeira viagem pôde finalmente levar sua filha para casa. A pequena se recuperou e recebeu alta após 32 dias internada. Além da Covid-19, a bebê teve outras seis doenças graves, mas conseguiu vencê-las. “Filha, você é um milagre mais lindo na minha vida, me orgulho tanto de você, tão pequena e tão forte. Venceu seis doenças graves e tenho certeza que o que Deus fez por você será contado para todo esse mundão, porque afinal de contas, o propósito de Deus na sua vida é lindo demais” – publicou Bianca no dia em que a filha completou um mês. (continua após a publicidade)

Em um vídeo publicado em uma rede social, Bianca agradeceu a todos pelas orações por sua filha. “A gente quer agradecer a todo mundo que orou por ela, todo mundo que ficou na corrente de oração. A Ísis é uma guerreira, venceu sete doenças, é a primeira bebê a nascer com Covid-19 em Itaperuna e ela hoje está recebendo alta, curada, graças a Deus” – disse. Ao SF Notícias, Bianca falou sobre a alta e sobre o estado de saúde da pequena. “Uma Maravilha, um alívio. Agora está tudo bem, só curtir minha gatinha. Ela é tão calminha. Foram 32 dias de muita luta na neonatal, mas sempre com a certeza de que tudo ia ficar bem porque Deus me deu ela como promessa. Os laudos da tomografia e ressonância ainda não saíram, mas o médico disse que olhou as imagens e está tudo normal” – relatou. Relembre a história da Ísis AQUI.

Mais do SFn